19 fev 10h14

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Paracatu na história

Por: Carlos Lima (*Arquivista)


O SAAE, Serviço Autônomo de Água e Esgoto, autarquia municipal presente em diversas cidades brasileiras e que hoje desponta como um modelo que, em tese e se adotado fosse, resolveria os problemas de fornecimento do precioso líquido em Paracatu, já foi uma realidade por aqui no século passado.

Documentos classificados nos Fundos Prefeitura de Paracatu e Oliveira Mello, do acervo do Arquivo Público Municipal, comprovam a operacionalização desse modelo de gestão do fornecimento de água e destinação dos esgotos na década de 1960.

Matéria da
Tribuna de Paracatu, de 26 de junho de 1960, exortava o avanço na prestação daquele crucial serviço de abastecimento: “O Prefeito Municipal [Wladimir da Silva Neiva], dando cumprimento ao seu programa administrativo, determinou que o serviço de abastecimento d’água se estendesse também ao Bairro do Paracatuzinho. Essa obra foi executada até ao Matadouro”. E reinvidicava em prol do Grupo Escolar Dom Serafim: “Pedem-nos as professoras daquele educandário solicitar, por intermédio deste jornal, uma providência misericordiosa no sentido de Sua Exa. mandar suprir de um pouco de água (um pouco ao menos) aquele pobre e abandonado Grupo Escolar”.

Em 27 de dezembro de 1962, sob as ordens do então Prefeito Municipal Wladimir da Silva Neiva, abria-se-lhe o livro de nº 02 com a seguinte descrição: “Contém este livro 50 folhas ou sejam 100 páginas e peneira para registro de talões de consumo e ligações do
Serviço autônomo de Água da Prefeitura, (PREFEITURA MUNICIPAL, 1962), de forma a corroborar com a tese de que a gestão, execução e arrecadação daquele serviço eram de competência do município de Paracatu naquele período.

Em um dactiloscrito de 29 de dezembro de 1964, assinado pelo então encarregado do Serviço Autônomo de Água, Sr. José Luis Rubinger, constam
os nomes dos proprietários de residências e/ou estabelecimentos a serem contemplados com hidrômetros em Paracatu. Tornar-se-iam beneficiários daquele serviço municipal imóveis existentes nas ruas Samuel Rocha, Dr. Seabra, Dr. Sérgio Ulhôa, Ávila, Américo Macêdo, Manoel Caetano e Rua Patos (atual Getúlio de Melo Franco). (PREFEITURA MUNICIPAL, 1964).

Nas incursões pelos talonários antigos do
Serviços de Água e Esgotos da Prefeitura Municipal de Paracatu, é possível citar alguns clientes, como o Sr. Manoel Rabelo de Souza, patriarca e co-fundador da hoje UniAtenas, próspero empreendimento do ramo de educação superior. No rodapé do documento, está a assinatura da encarregada daquele serviço, a Sra. Maria Sabina Mundim, o que reflete a importante participação feminina na gestão de serviços de natureza pública nos idos de 1968.

No conhecimento de nº 7727, datado de 26 de novembro de 1970, encontra-se a fatura do serviço de água e esgoto pertinente ao imóvel de nº 264 na rua Dr. Sérgio Ulhôa, de propriedade da saudosa Sra
. Luiza Rocha, que além de dedicar-se aos negócios da família (Casa Dudu Rocha), “elegeu-se vereadora, com expressiva votação, no ano de 1962” (MELLO, 2015), de modo a tornar-se a primeira mulher a ocupar uma vaga na Câmara Municipal de Paracatu, tanto como secretária quanto presidente daquela casa.

Distante da discussão quanto ao melhor modelo gestor de abastecimento de água e destinação de esgotos que poderia atender às necessidades da população, é fato que o SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) é, pelo menos por enquanto, apenas parte da história de Paracatu.




 (*) Carlos Lima é graduado em Arquivologia pela Universidade Federal da Bahia (UFBa), é Pós-Graduado em Oracle, Java e Gerência de Projeto e é personalorganizerElaborou este artigo a partir de suas pesquisas nos fundos documentais do Arquivo Público de Paracatu – MG.
REFERÊNCIAS
MELLO, Antônio de O. Vidas e Vozes: No caminho da história. Paracatu: Faculdade Finom, 2015. 168p.
PREFEITURA MUNICIPAL DE PARACATU. Livro registro de talões de consumo e ligações do Serviço autônomo de Água de Prefeitura. Paracatu. 1962. 50 fls.
PREFEITURA MUNICIPAL DE PARACATU. Relação de prédios a serem colocados hidrômetos. Paracatu. 1964. 1 fl.
PREFEITURA MUNICIPAL DE PARACATU. Conhecimento nº 8014 do Serviços de Água e Esgotos. Paracatu. 1968. 1 fl.
PREFEITURA MUNICIPAL DE PARACATU. Conhecimento nº 7727 do Serviços de Água e Esgotos. Paracatu. 1970. 1 fl.
A TRIBUNA DE PARACATU. Água para o Grupo Escolar “Dom Serafim”.  Paracatu,p. 1, 4. 26 Jun. 1960.
Agradecemos ao artista plástico Ronaldo Rabelo, pelas informações adicionais sobre o Sr. Manoel de Souza Rabelo.
Agradecemos ao pesquisador Eduardo Rocha, pelas informações adicionais sobre a antiga Rua Patos.


fullscreen

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti