13 fev 16h21

Justiça de MG aprova liminar e proíbe festas sob multa de R$ 50 mil

A Justiça deferiu, na noite dessa sexta-feira (12/2), pedido de tutela provisória de urgência antecipada, ajuizado pela Advocacia-Geral do Estado (AGE-MG), em desfavor de duas empresas e duas pessoas físicas, proibindo a realização de eventos clandestinos que promovam aglomeração durante este Carnaval, marcado pela pandemia de covid-19. Em caso de desobediência, a multa será de R$ 50 mil.

É a primeira ação dessa natureza, de uma série a ser ajuizada pela AGE-MG em diversas comarcas de Minas Gerais, com base em eventos clandestinos descobertos pela 
Polícia Militar (PMMG) e programados para este Carnaval. As iniciativas desrespeitam decretos do Estado e de municípios que proíbem realização de festas, blocos e similares que gerem aglomeração de pessoas durante a pandemia.

Além de multa de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) ao proprietário do imóvel em que a festa esteja ocorrendo, cada participante também pode ser multado. Em caso de reincidência, o valor da multa poderá ser dobrado.

O objetivo das ações é resguardar os direitos difusos e coletivos da Saúde Pública.



Fonte: Agência Minas

Foto: Festa na zona rural de Uberlândia, segunda cidade com mais casos de COVID-19 em Minas Gerais


*Permitido compartilhamento e ou cópia desde preservada a fonte (LEI Nº 9.610/98)

____________________________________________
news blog comunica not reporter a midiadigital noroestemineiro kinross minieração womeninmining 
facebook youtube tradutor google hotmail mercado livre whatsapp gmail  globo uol google tradutor previsão do tempo olx traduzir netflix yahoo messenger jogos instagram whatsapp web g1 outlook clima minecraft bol covid19 coronavirus pandemia paracatu vagas de emprego estágio festas proibidas

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti