22 jan 14h21

Plantação e laboratório de maconha são encontrados em Luizlândia do Oeste

Na última quarta-feira (20), a Polícia Militar (PM) recebeu uma denúncia anônima relatando que um homem de 64 anos teria uma plantação de maconha em sua fazenda na zona rural do município de João Pinheiro.
Ainda de acordo com a ocorrência policial, o caso ocorreu por volta das 09h50 min, em uma fazenda localizada na BR 365, nas proximidades do km 299, próximo à Luizlândia do Oeste.
Os policiais militares se deslocaram até o local. Ao chegarem, não havia ninguém na residência, mas rapidamente avistaram muitos pés de planta de maconha aos arredores da casa. Direcionaram-se então para os fundos do quintal, encontrando um ambiente apropriado para o plantio, com muitos pés da planta sendo cultivados.
Algum tempo depois, o proprietário de 64 anos chegou ao local, informando que cultivava maconha, pois sua esposa sofria de uma doença cardíaca, portanto fazendo o uso medicinal da planta.
Segundo a PM, foram acionados os militares de São Gonçalo do Abaete, demais militares de Luizlândia do Oeste e algumas equipes de João Pinheiro para darem apoio. Assim que chegaram ao local e entraram na residência, verificaram que haviam muitos recipientes de vidros e plásticos em vários tamanhos contendo maconha seca, triturada e em conserva. Foi encontrado também, várias embalagens com sementes da planta, maconha seca dentro da geladeira e em todo o ambiente da residência. Além disso, pés da planta secando em um varal dentro de um quarto, vários saquinhos para embalar a droga e uma balança de precisão foram localizados.
Ainda durante as buscas, ao acessarem a porta de um pequeno quarto, foi encontrado um laboratório contendo: diversos tipos de sementes em embalagens com anotações da qualidade da planta e localidade da semente; grande quantidade da droga embalada em saquinhos; uma estufa para o processamento; anotações a respeito da qualidade da droga em cada recipiente; cinco agendas de anotações em idiomas Italiano, Inglês, Espanhol e Português, contendo quantidade e descrição de locais para onde a droga havia sido enviada; vários panfletos contendo Instagram de divulgação da marca  do produto e outros semelhantes a panfletos de workshops com símbolos de maconha; e por último, um recipiente com uma grande quantidade de cartões de visita para a divulgação do produto.
O suspeito de 64 anos, relatou que fazia o cultivo da planta para sua esposa e que no local haviam mais de trinta tipos diferentes de sementes de cannabis sativa. Dizendo ainda, que sua esposa realizava cruzamento de espécies para encontrar algumas que produzissem óleo com alto teor de tetra-hidrocanabinol (THC), este óleo sendo vendido para muitos locais do Brasil. Ressalta-se que no local não foi encontrado nenhum equipamento de extração do óleo da Cannabis.
Por fim, o suspeito confessou que trazia sementes de diversas partes do mundo como: Holanda, Índia, outros países da Europa e outros continentes, e que plantava a cannabis há aproximadamente dois anos.
Recentemente a equipe policial de Luizlândia do Oeste fez uma apreensão de drogas no Distrito, o qual um dos autores relatou que compravam maconha do senhor de 64 anos para revender no Distrito. Diante dos fatos, o homem de 64 anos foi preso e conduzido para a delegacia, juntamente com todo o material apreendido.









*Permitido compartilhamento e ou cópia desde preservada a fonte  (LEI Nº 9.610/98)




Fonte: Ass Com PMMG





_____________________________________________
news blog comunica not reporter a midiadigital noroestemineiro kinross minieração womeninmining facebook youtube tradutor google hotmail mercado livre whatsapp gmail  globo uol google tradutor previsão do tempo olx traduzir netflix yahoo messenger jogos instagram whatsapp web g1 outlook clima minecraft bol covid19 coronavirus pandemia paracatu vagas de emprego estágio tráfico de drogas maconha laboratório Luizlândia do Oeste plantação comércio espécies  

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti