16 nov 16h36

Ocorrências Policiais durante as eleições Municipais em Paracatu

Polícia Militar prende dois homens transitando em veículo armados após carreata

No ultimo sábado (14/11), por volta de 20h22min, Policiais Militares receberam denúncia anônima através do 190 relatando que haviam dois indivíduos armados em um veículo Ômega, cor branca na Praça Bom Jesus, bairro Paracatuzinho. 

Os policiais então foram ao local onde depararam com o veículo denunciado sendo ocupado por dois indivíduos. Ao ser procedida a abordagem foram localizados dois revolveres calibres .38 no interior do veículo, ambos carregados com 6 munições.

Os suspeitos de 22 e 32 anos disseram que não sabiam de quem eram as armas e que só estavam participando de carreata de um vereador.

O veículo foi apreendido pois o condutor não apresentou documentação obrigatória e ainda pelo fato do automóvel estar com as características alteradas, rebaixado.

Os dois homens foram presos e conduzidos para a delegacia para o registro da ocorrência e as armas e munições apreendidos. 


Homem é conduzido para a delegacia após fotografar voto na urna eletrônica

No ultimo domingo (15/11), por volta de 09h01min, os Policiais Militares foram chamados na seção 180, escola Estadual Afonso Arinos, por um mesário da seção, tendo relatado que um eleitor, utilizando-se de aparelho celular, tirou duas fotos da urna eletrônica no momento da votação, registrando assim seu voto. O homem assumiu o ato e disse que desconhecia se tratar de crime eleitoral.

O homem de 48 anos foi conduzido até a Delegacia juntamente com seu telefone celular apreendido.



Candidato a vereador é conduzido para a delegacia suspeito de praticar boca de urna

Também neste domingo (15/11), por volta de 11h04min, os Policiais Militares foram chamados na escola Estadual Virgílio de Melo Franco (Escola Polivalente ), onde  Populares relaram que havia um indivíduo de estatura baixa, pardo, trajando na ocasião camiseta gola polo laranja, bermuda tec tel cinza, chinelos e óculos, o qual estaria praticando o crime de ''boca de urna'', uma vez que o indivíduo estava abordando as pessoas que passavam a pé pelo passeio externo da escola e oferecendo ''santinhos'' / panfletos.

De imediato, os Policiais saíram em busca do indivíduo apontado pelos populares, momento em que, ao avistar o indivíduo citado na denúncia, este (autor) começou a sair a pé pela rua Benedito Laboissiere, passando pela rua Joaquim Murtinho; e sendo alcançado na rua Otaciano de Melo. 

Durante buscas pessoais, foi localizado no bolso da bermuda do autor, o total de 42 (quarenta e dois) santinhos/panfletos do candidato a vereador.

Em diálogo com o autor de 49 anos, este relatou que é candidato a vereador, e nesta data, em um ato de desespero, realmente saiu a rua, especificamente na esquina da escola Estadual Virgílio de Melo Franco (Escola Polivalente) para realizar entregas de panfletos /santinhos, as pessoas que não tivessem candidatos.

Foi dado voz de prisão em flagrante ao homem pelo crime de boca de urna. Ele foi conduzido para a delegacia para o encerramento da ocorrência, juntamente com os santinhos apreendidos. 


Fiscais de partidos provocam tumulto em local de votação e acabam na delegacia para registro de ocorrência

Neste domingo (15/11), por volta de 12h33min, os policiais militares foram chamados na Escola Júlia Camargos durante o pleito eleitoral das eleições municipais, ocasião em que ocorriam as votações.

A equipe policial foi acionada para intervir em um tumulto no interior da escola. De acordo com um fiscal de partido, homem de 23 anos, enquanto exercia suas atividades, percebeu atitudes estranhas de fiscais de outro partido, os quais acompanhavam eleitores dentro da escola e, aglomeravam o ambiente no sentido de chamar a atenção dos eleitores.

Após a situação, passou a filmar os fatos com seu celular, ocasião em que houve um princípio de tumulto quando o também um outro fiscal de partido, percebendo que estava sendo filmado, foi em sua direção e, com as mãos, abaixou o celular visando impedir o registro das imagens, que as discussões continuaram ocasião em que o segundo de 52 anos acusou o que filmava de racista pelo fato de ser negro.

Diante do exposto, os envolvidos foram orientados advertidos e, diante do interesse dos envolvidos em registrarem os fatos narrados, foram convidados a comparecerem até a Delegacia de para o registro do fato.



Fonte: Ass Com PMMG
Foto: Reprodução TVMB

-----------------------------------------------------------------

facebook youtube tradutor google hotmail mercado livre whatsapp gmail  globo uol google tradutor previsão do tempo olx traduzir netflix yahoo messenger jogos instagram whatsapp web g1 outlook clima minecraft bol covid19 coronavirus pandemia paracatu vagas de emprego estágio   policia militar  trafico drogas menor 
fullscreen

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti