22 out 09h55

Justiça defere candidatura de Soyla e PT nega acordo oculto com PSDB de Condé

Resolvida a pendência da candidata Soyla Rachel, do PT, com a justiça eleitoral e ela pode seguir com sua campanha para a Prefeitura de Paracatu. No início do mês o Ministério Público (MP) entrou na justiça ;uma representação pela impugnação da candidatura de Soyla.

À época o MP acusava a candidata de ter se filiado posteriormente à data limite para filiação, que seria 04/04/2020, faltando, a condição de elegibilidade expressamente exigida pelo art. 14, § 3º, inciso V, da Constituição Federal, e art. 9º da Lei nº 9.504/97.

Em sua defesa, o Partido dos trabalhadores apresentou provas de que sua candidata se filiou dentro do prazo previsto. O Juiz acatou as alegações do PT e deferiu pela continuidade da candidatura de Soyla.

Suspeitas de acordo PT e PSDB

Desde o início do período eleitoral, uma série de suspeitas e acusações de que haveria um acordo entre o PT e o PSDB do Prefeito Olavo Condé tem sido levantadas por partidários de diversos grupos.

Nossa reportagem teve acesso à uma conversa em que um candidato a Vereador do Partido dos Trabalhadores “pede votos” para a candidata Francy Helle Condé do PSDB, durante uma reunião no bairro Paracatuzinho, e justifica o fato afirmando que “se o PSDB continuar no governo seria bom para o PT, devido à acordo já firmados com deputados do seu partido.”

Em outro momento, um partidário que é servidor público endossou a dobradinha “oculta” na campanha garantindo que caso a candidata do Prefeito se eleja, já está acertado que a Secretaria de Desenvolvimento Social será dada ao Partido dos Trabalhadores e a titular será a candidata Soyla Rachel.

PT nega

Fizemos contato com a Assessoria do Partido dos Trabalhadores, que negou a dobradinha com o PSDB e também a dissidência de seus candidatos ao Legislativo, enviando prontamente a seguinte nota à nossa reportagem:

“A Assessoria de Comunicação da candidata a prefeita de Paracatu pelo Partido dos Trabalhadores (PT), Soyla, vem à publico responder sobre possíveis acordos entre candidatos a vereadores e outros partidos:

Não há divisão dentro do Partido dos Trabalhadores, visto que todos os filiados e candidatos estão unidos pela mesma causa: o povo. Todos partilham desse propósito e não admitimos desvios de conduta. Estamos aliados, PT e PSOL, sem possibilidade de alianças com outros partidos fora desse arco. Qualquer dissidência desta linha é punida com cassação imediata de candidatura.

Portanto, Soyla continua firme e com o apoio da coligação. Conjecturas diferentes não passam de ilações próprias de campanha eleitoral.”

PSDB não se manifestou



Por duas vezes tentamos contato através de e-mail com o PSDB local e com o diretório estadual do partido, mas até o momento não tivemos retorno.




---------------------------------------------------------------  
facebook youtube tradutor google hotmail mercado livre whatsapp gmail  globo uol google tradutor previsão do tempo olx traduzir netflix yahoo messenger jogos instagram whatsapp web g1 outlook clima minecraft bol covid19 coronavirus pandemia paracatu vagas de emprego estágio  eleicoes 2020 paracatu pt psdb

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti