28 jul 14h46

Homem é assassinado às margens da 040 e ex-mulher confessa ser mandante do crime

Na manhã desta terça-feira (28) por volta das 07h, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) recebeu informações de que as margens da BR-040, mais precisamente na entrada da região do Morro Agudo, havia uma pessoa caída e desacordada.
De imediato, militares compareceram até o local onde depararam com a vítima, reconhecida posteriormente como sendo, Adilson Gonçalves de Almeida de 39 anos, caída com uma perfuração no abdômen já sem sinais vitais. 
Mais tarde, por volta das 13h20min, a Polícia Militar recebeu informações que o veículo da vítima um Gol cor verde, havia sido roubado, e abandonado no bairro Santo Eduardo.
Ainda segundo militares, após levantamentos em conjunto com a Polícia Civil, foi localizada a ex- companheira de Adilson, que ao ser questionada, acabou entrando em contradições. Eloisa Dias de Souza de 44 anos acabou confessando aos policias que seu sobrinho teria matado a vítima.
A suspeita foi presa e conduzida a delegacia de Polícia Civil. De acordo com Eloisa, seu sobrinho teria chegado em sua residência por volta das 23h, dizendo tinha matado Adilson e, que também teria colocado fogo no carro da vítima, fugindo logo em seguida. 
Uma prima do suspeito disse aos policiais, que desconfiava que o primo teria participado do crime, pois na noite de anterior (27), viu quando ele saiu de casa carregando uma mochila e uma faca, e retornando por volta das 02 da manhã, com um aparelho celular nas mãos e objetos.
O veículo encontrado da vítima, estava com o banco traseiro queimado, assim como parte dos documentos da carteira de bolso de Adilson. 

Eloisa disse aos policiais, que seu sobrinho teria matado a vítima, e que ela não teria participação na ação. O suspeito está foragido e, a motivação do crime ainda não foi divulgada.
*Matéria em atualização 
Fonte: FM Repórter 
fullscreen

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti