7 jul 16h35

. A Fonte .

Prof. Márcio José dos Santos

Não seja mais o Buscador, mas seja a Fonte na vida de alguém daquilo que procura em sua própria vida. O que flui através de você, adere a você.

Deus tem enviado esta mensagem a todos nós através de todos os mensageiros, desde o início dos tempos.
Eu apenas não estava ouvindo: “Faça aos outros o que gostaria que fosse feito a você.” Eu pensei que isso significava que, se você quer que os outros o tratem bem, trate bem os outros. Mas isso significa muito mais. Significa também: quando você faz com que outras pessoas tenham a experiência que deseja ter, você também deve eventualmente tê-la.
Isso será verdade pela simples razão de que não posso dar o que não possuo. O próprio ato de dar algo a outro faz com que eu perceba que tenho para dar - e que o tive o tempo todo.
Se busco o que não tenho – seja alegria, paz, serenidade, amor - é porque não tenho isso. Minha declaração para a Vida é meu estado de carência, e a Vida me responde - Você não tem!, e continuo buscando, desconsolado.
Se sou capaz de dar tudo isso é porque tenho. Minha declaração para a Vida é a abundância daquilo que dou. Percebo o que já existe em mina vida e o demonstro enquanto sigo minha jornada. O resultado é uma Experiência Sagrada. Tocar a vida de alguém e ser a Fonte de alegria, paz e amor, tudo muda nesses momentos, porque os estou experimentando de uma nova maneira. Nada mudou, mas tudo é diferente quando percebi que posso ser a Fonte.
Deslocar o foco de si próprio e colocar os outros funciona efetivamente na mudança de sua vida. A razão é que não existem outras pessoas. Nós somos todos um. Se você pode imaginar um mundo em que nada está acontecendo com você, e tudo está acontecendo através de você, você terá a mensagem que pretendia enviar para si mesmo.
Separação é uma ilusão. Ninguém é separado de ninguém. Portanto, o que faço por você, faço por mim, e o que deixo de fazer por você, deixo de fazer por mim. O que dou a você, dou a mim, e o que deixo de lhe dar, não dou a mim. O que vai volta. Nem sempre receberei em troca da pessoa exata a quem o entreguei, mas no esquema geral das coisas a Vida trará para mim o que trago para ela - às vezes receberei de fontes totalmente inesperadas.
“O que fizestes a cada um desses pequeninos, a Mim o fizestes.”

Nota: As ideias aqui expressadas baseiam-se em WALSH, N.D. Communion with God. The Berkley Publishing Group, 2000. ISBN 0-399-14670-9.

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti