29 jun 14h26

PROS irá decidir entre Greik e Padre Paulo Giovani para disputar Prefeitura

O Partido Republicano da Ordem Social (PROS) em Paracatu, confirmou à nossa reportagem que os filiados estão “dialogando” para formação de alianças ou lançamento de sua candidatura própria.

O Partido apresentou dois nomes à comunidade, do ex-Vereador Greik, que tem um histórico ligado a trabalhos na área da saúde, no Hospital Municipal e nos últimos anos na área de convênios e atendimento do Hospital Universitário da Faculdade Atenas, onde ficou conhecido como
“Greik da Saúde,” e também do Padre Paulo Giovani, sacerdote bastante conhecido em Paracatu, Professor Universitário em Cursos de Direito e Doutor em Psicanálise.

Greik
fala que sua pré-candidatura está embasada e apoiada por um grupo sólido de profissionais e lideranças que querem, segundo ele, doar-se ao trabalho comunitário durante os próximos 4 anos.

“-Nós temos em nosso grupo muitas pessoas excelentes, advogados, administradores, Engenheiros, profissionais da saúde, gestores de larga experiência, Professores. Pessoas que não dependem de cargo público pra viver e todos querendo a mesma coisa, fazer um trabalho que coloque Paracatu no patamar que merece, que se destaque pela saúde, pela segurança, pela educação que oferecerá ao seu povo.”
afirmou Greik da Saúde.

Já o Padre
Paulo Giovani, confirma que recebeu convite par compor uma chapa e justifica sua disponibilidade lembrando palavras do Papa Francisco, que cita partes de uma encíclica: "temos que nos envolver na política, porque ela é uma das formas mais altas de caridade.” “-Se for pelo bem da comunidade, do povo de Paracatu eu estarei a disposição sim,” disse.

 “-Até porque política é toda participação ativa e consciente nas decisões da sociedade, não é apenas um direito, mas também uma obrigação moral: ninguém pode se isentar da sua cota de responsabilidade nas decisões da sua própria comunidade, isso seria como imitar Pilatos,”
explicou Padre Paulo.  "-É fácil colocar a culpa nos outros, mas e eu, o que faço?" Finalizou, deixando também um questionamento.

Questionado sobre suas propostas concretas para o Município caso sua candidatura se confirme e seja eleito, o líder do PROS disse que a proposta do grupo é a
“humanização no atendimento em todas as áreas”.  “-Não precisa de falar projetos se nós não cuidarmos das pessoas.  A gente precisa efetivar as políticas públicas. Políticas públicas da assistência, da saúde, atenção primária para as pessoas que necessitam,” afirmou Greik.

As convenções serão realizadas até 16 de setembro e o adiamento das eleições já foram confirmadas pelo Senado para 15 de novembro, faltando apenas confirmação da Câmara dos Deputados, que deve acontecer (ou não) hoje, 29/06.


© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti