10 fev 15h27

Paracatu comemora 265 anos da Paróquia Santo Antônio de Pádua

A Paróquia Santo Antônio de Pádua de Paracatu comemorou dia 8 de fevereiro de 2020, 265 anos de fundação. Um Tríduo em Ação de Graça pela data está sendo celebrado na Matriz Catedral de Santo Antônio. Uma exposição com fotos, quadros e peças antigas, pode ser visitada no interior da igreja.
Criada em 1755, por autorização de Dom Francisco Xavier de Aranha, Bispo de Olinda, a Paróquia foi erigida canonicamente como Freguesia de Santo Antônio da Manga do Paracatu, do então Arraial de São Luiz e Sant’Anna das Minas do Paracatu.
A sua igreja matriz, dedicada a Santo Antônio, é um dos principais e mais antigos templos da região Noroeste de Minas. Sua construção foi iniciada no ano de 1746, sob os cuidados do padre Antônio Mendes Santiago.
A Matriz, desde o século XVIII, é a mesma que se vê até hoje, feita de taipa e adobe com estrutura de vigas de aroeira, ausência de campanários e situada em seu ponto fixo de sentinela, no alto da praça. No interior da igreja, há sete altares feitos em cedro, dos quais os dois do cruzeiro possuem influência do estilo Dom João V, e os demais possuem arquivoltas simples, lembrando outros retábulos também encontrados em algumas igrejas do norte de Minas.
O altar mor – mantido na coloração pura do cedro envelhecido – pertenceu à primitiva Igreja de Sant’Anna. Ao longo do tempo, a edificação sofreu algumas modificações na estrutura do telhado. O relógio foi retirado, substituído por uma cruz. Não existem mais a escada frontal, nem os pilares barrocos, que enfeitavam as escadarias voltadas para a Rua do Sacramento (hoje rua Eduardo Pimentel).
Em 1929, a matriz passou a sediar uma Prelazia Carmelita, com a nomeação do Administrador Apostólico da Prelazia Frei Eliseu Van Der Weijer. Dom Eliseu governou a Prelazia por 33 anos.

Em 1962, o Papa João XXIII eleva a Prelazia à categoria de Diocese, tendo como 1º bispo diocesano, Dom Raimundo Lui, e a igreja foi elevada ao status de Catedral. A diocese ainda teve como bispos, o Carmelita Dom José Cardoso Sobrinho (1979 a 1985), Dom Leonardo de Miranda Pereira (1986 a 2012) e, atualmente é governada pelo bispo diocesano, Dom Jorge Alves Bezerra.
Texto: Visite Paracatu
Foto: Arquivo Público

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti