4 out 09h00

Mais de 900 alunos se unem para a proteção ambiental em Paracatu

O Programa Integrar – Eixo Meio Ambiente, realizado pela Kinross, em parceria com escolas da rede pública de Paracatu, promoveu ao longo de 2019 uma série de oficinas, atividades e ações de conscientização ambiental no município. O encerramento do ciclo 2019 foi realizado com os alunos da Escola Estadual Doutor Sérgio Ulhoa, no dia 26 de setembro com piquenique ecológico no Centro de Treinamento do Instituto Estadual de Florestas (IEF) de Paracatu. O projeto, com foco na implantação e desenvolvimento de mobilizações sociais, envolveu mais de 900 crianças, de 9 a 11 anos para trabalhar quatro dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) estipulados pela Organização das Nações Unidas (ONU), são eles: Água potável e Saneamento, Consumo e Produção Responsáveis, Vida na Água e Vida Terrestre. Os ODS servem para guiar políticas que contribuam para a erradicação da pobreza e proteção do meio ambiente. 

O gerente de Meio Ambiente e Licenciamento da Kinross, Marcos Morais, explica que a ação visa difundir de forma mais ampla conceitos relacionados à educação ambiental na população paracatuense.
“A partir da vivência e experiências reais as crianças conseguem assimilar de forma fácil e permanente questões e processos ligados a preservação, proteção das matas e animais e sustentabilidade, criando assim, um legado a favor do meio ambiente da cidade”, destacou. 

O Integrar Meio Ambiente aconteceu a cada duas semanas em uma determinada escola da cidade, estimulando o aprendizado sobre o ecossistema, cerrado brasileiro e o uso sustentável dos recursos naturais. Todas as atividades têm abordagens com conteúdo explicativos e dinâmicos, como palestras, jogos e oficinas de arte, promovendo aos alunos a oportunidade de observarem de maneira crítica a importância dos cuidados com o meio ambiente.
“A iniciativa é uma oportunidade para as crianças formarem uma conscientização ambiental desde cedo. Nossa intenção é que eles sejam multiplicadores desse conhecimento em qualquer lugar”, destacou Ana Cunha, gerente de Comunicação e Relacionamento com Comunidades da Kinross.

As crianças participantes compartilham o conhecimento adquirido nas atividades por meio do próprio projeto, como fizeram os alunos da Escola Municipal Afonso Arinos.
Durante a ‘Rádio Recreio’, os estudantes divulgaram diversas notícias sobre as ações do Integrar e sobre os ODS. “Os alunos ganham muita maturidade com essas ações, adoraram participar”, destacou Elvira Campos Botelho Ulhôa, vice-diretora da instituição de ensino.

Agertina Alves Campos, professora eventual do Centro Municipal Educacional Coraci Meireles de Oliveira, destacou a participação dos alunos do 4º, 6º e 9º anos. “As atividades são muito proveitosas. Os educandos trabalharam no paisagismo da escola, fizeram pintura, reciclaram pneus para plantarem flores, diversos atividades que deixaram o ambiente mais bonito e sustentável”. 

Passeio ecológico

Encerrando as atividades, a cada final de ciclo, é realizado um piquenique ecológico. Este ano os locais utilizados foram o Projeto Viveiros Comunitários do Santa Rita, a Kinross, o Parque Estadual de Paracatu, o SESC e o Centro de Treinamento do Instituto Estadual de Florestas (IEF). Guiadas pelas pedagogas do projeto, Berenice Nascimento e Ruth Brochado
, as crianças podem reconhecer animais e plantas do cerrado durante uma pequena caminhada por trilhas. Os alunos também participam de dinâmicas, teatros e brincadeiras ligadas ao meio ambiente. “Foi muito bom participar do projeto. Eu e meus colegas tivemos a chance de aprendermos mais sobre os animais e as árvores do cerrado, e ainda fizemos um delicioso piquenique, destacou o aluno do 4º da Escola Estadual Afonso Arinos, Rafael Augusto José Santana.

As pedagogas Berenice Nascimento e Ruth Brochado destacam a importância da realização do projeto para a comunidade escolar.
“Refazer nossos caminhos e aproveitar o que temos de melhor neste planeta é sem dúvida o que todos deveriam fazer. Através das oficinas do Programa Integrar, lançamos a semente no solo da consciência de nossas crianças que com conhecimento crítico, sabem que são a geração do amanhã”. 

 
Fonte: Dariane Araújo / Ideia Comunicação
fullscreen

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti