3 set 13h41

Vereador quer incluir o ensino de Empreendedorismo nas Escolas Públicas

O Vereador Marcos Oliveira (PSDB), apresentou nesta segunda-feira (02/09) ao plenário da Câmara, um pré-projeto de Lei que, após aprovado, autoriza o governo municipal a incluir o ensino de Empreendedorismo nas Escolas Públicas Municipais.
Segundo o vereador, a disciplina possibilita construir junto aos alunos uma possibilidade aumentar a chance de sucesso no futuro profissional e familiar.
“-A inclusão do Empreendedorismo nas escolas tem como objetivo proporcionar aos alunos uma cultura de melhoria contínua, de desenvolvimento. A idéia é torná-los críticos e preparados para a descoberta de vocações, com criatividade e técnicas motivacionais que auxiliem no desenvolvimento de capacidades e habilidades individuais. Além disso, o empreendedorismo é uma oportunidade para os jovens começarem a perceber a responsabilidade que têm na construção do próprio destino”, justificou o parlamentar.
De acordo com Oliveira, o conceito da educação empreendedora está ligado ao das metodologias ativas, em que o aluno está no centro do processo de aprendizagem, construindo o conhecimento de forma autônoma, participativa e sendo “provocado” a absorver os conteúdos através de desafios, ações, projetos e resoluções de problemas reais.
“-O objetivo é desenvolver pessoas para o empoderamento, atitudes e mentalidade empreendedoras, para que possam encontrar soluções para os mais diversos problemas. A proposta da educação empreendedora visa estimular esse desenvolvimento, para que crianças e jovens cresçam confiantes e certas de que, com estudo e força de vontade, serão capazes de realizar seus sonhos e projetos de vida”, afirma o Vereador.
Marcos Oliveira finalizou sua explanação a respeito do “Projeto de Lei sobre o Ensino de Empreendedorismo” afirmando que, “investir em empreendedorismo na escola é garantir às crianças e jovens da nova geração não apenas a inserção produtiva no mercado de trabalho, como também o desenvolvimento de competências que valem para a vida toda.”
“-Incluir o ensino do empreendedorismo nas escolas, vem ao encontro da necessidade de preparar essa geração para os novos desafios do século XXI, em um cenário em que o mercado de trabalho exige profissionais com competências múltiplas, que tenham capacidade de aprender, de adaptar-se a situações novas e de promover transformações,” concluiu.
A partir de agora, o projeto segue para as Comissões internas na Câmara dos Vereadores para, posteriormente, ser votado em plenário e após aprovado, sancionada a lei de forma definitivamente pelo prefeito municipal.

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti