13 ago 10h49

Defesa Civil de Paracatu promove simulação de emergência de barragem

A Defesa Civil coordenará um simulado com barragens, nas proximidades da mineradora Kinross. As ações serão organizadas em dois dias: no dia 13/8 no Machadinho e Santa Rita; e 16/8 na Lagoa de Santo Antônio e Cunha. A atividade faz parte do Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração (PAEBM) da empresa, e conta também com parceria da Kinross, Corpo de Bombeiros, Polícias Civil, Militar, Ambiental e Rodoviária Estadual e Federal. O objetivo é proporcionar treinamento com foco na prevenção e na atuação coordenada dos órgãos públicos, empresa e da comunidade para que atuem em conjunto da forma mais rápida em eventuais situações de emergência.
Durante o simulado, as sirenes serão acionadas e os moradores das comunidades do Machadinho, Santa Rita, Lagoa de Santo Antônio e Cunha, além de eventuais pessoas em deslocamento que estiverem na região, serão convidados a seguir para os pontos de encontro distribuídos nas localidades. De acordo com Emerson Antônio Garcia, coordenador da Defesa Civil de Paracatu, durante o evento serão observados uma série de informações, como o tempo de deslocamento de cada residente e o prazo necessário para evacuar toda a área da zona de autossalvamento, por exemplo. “O treinamento irá subsidiar melhorias nas ações em eventuais emergências, além de contribuir para a cultura de prevenção da cidade, que é o foco da ação”, explica. 
Esse é o segundo simulado de emergência de barragem realizada com essas comunidades. O primeiro, foi realizado em 2016, com uma participação de 30% da população residente do Santa Rita, Machadinho, Lagoa de Santo Antônio e Cunha.
 
Barragens
A Kinross possui duas barragens: Eustáquio e Santo Antônio. Ambas são estruturas construídas em pequenas camadas de terra compactada com 0,25 m de espessura cada camada; as estruturas são alteadas pelo método de linha de centro. A Kinross possui equipe técnica responsável pelas etapas de projeto, construção, monitoramento e manutenção das barragens; os projetos são feitos por empresa de consultoria de renome internacional, as obras são feitas por empresas especialistas em barragens e que são fiscalizadas por empresas especialistas em fiscalização e execução de controle de qualidade através de ensaios específicos realizados durante toda a obra todos os dias. A empresa possui procedimentos de manutenção e monitoramento, incluindo inspeções visuais quinzenais e leitura e análise de instrumentos instalados nas barragens. Além disso, a empresa trabalha com uma Sala de Controle, que possibilita um monitoramento 24h de suas estruturas por meio dos instrumentos e câmeras instaladas.
A barragem Santo Antônio foi construída em 1986. Já a barragem Eustáquio foi construída em 2010.
 
Treinamentos
Os moradores das comunidades Machadinho, Santa Rita, Lagoa de Santo Antônio e Cunha passaram por treinamento teórico nos dias 25/7 e 30/7, como parte da preparação para o simulado. Durante os encontros, foram abordados temas como a importância da prevenção e da participação no simulado de emergência. Ao todo, cerca de 150 pessoas participaram.
 
Histórico de segurança
Em 26 anos de história, a Kinross nunca teve um rompimento em barragens em suas nove operações ao redor do mundo. As instalações são projetadas, construídas e mantidas com padrões de engenharia, segurança e integridade física, incluindo a capacidade de resistir a tempestade e eventos sísmicos.



Fonte: Ideia Comunicação

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti