3 jun 13h20

Bispo Emérito de Paracatu recebe homenagem do Seminário Maior São João XXIII

Biblioteca da instituição agora tem o nome do Bispo Dom Leonardo de Miranda Pereira, que completou 83 anos de vida na última sexta-feira.


Seminaristas, Sacerdotes, Professores do Seminário, funcionários e convidados se reuniram nas dependências do Seminário Maior São João XXIII na manhã da última sexta-feira (31/05) para uma solenidade que marcou a “dedicação” da Biblioteca do Seminário, ao Bispo Emérito da Diocese de Paracatu.

A data da cerimônia foi escolhida pelos Seminaristas e dirigentes da instituição por ser o aniversário do Bispo que completou 83 anos de vida e 60 anos de sacerdócio. 

“-Uma biblioteca é um local onde as aprendizagens se consolidam, onde dúvidas são tiradas, onde trabalhos são realizados, onde sabedorias são partilhadas, é por isso que queremos prestar esta homenagem a dom Leonardo pela sua trajetória incansável de estudos. Escolhemos hoje para esta dedicação por se tratar de um dia muito importante, Dom Leonardo completa seus 83 anos de natalício,”
justificou o Seminarista Alexsander Souza durante sua fala.

Durante a sua fala de agradecimento o homenageado lembrou dos tempos em que era seminarista na cidade de Diamantina e da sua luta pela preservação do Seminário e da sua dedicação em prol da instituição e da formação de novos Sacerdotes.

“-Eu fico profundamente grato, emocionado alegre por ver o meu nome perpetuado aqui nessa biblioteca, aqui nessa casa de formação, esse Seminário que sem dúvida está muito ligado à minha vida de Bispo aqui na Diocese. Eu busquei preservar essa casa que tem  uma grande história em Paracatu sobretudo por ter formado tantos Padres e até bispos que atuam em prol da Igreja Brasil a fora,”
disse Dom Leonardo.

Sobre o homenageado

Dom Leonardo de Miranda Pereira nasceu no dia 31 de maio do ano de 1936, oitavo filho do casal Antônio Gabriel Pereira e Maria Nilda de Miranda Pereira.

Estudou no Grupo Escolar Mata Machado. Com 11 anos de idade entra o menino Leonardo de Miranda Pereira para o Seminário Sagrado Coração de Jesus, onde, termina o curso ginasial, faz Filosofia e Teologia no Seminário. 

No dia 8 de dezembro de 1959 foi ordenado padre na diocese de Diamantina pelo bispo Dom José Newton de Almeida Batista. Daí então começa o seu ministério pelos espaços da diocese de Diamantina, sendo: vigário paroquial, pároco, reitor interino do seminário e capelão.

No dia 14 de maio de 1986, na instalação da diocese de Guanhães, Dom Leonardo na sua então paróquia, recebe a notícia de sua nomeação e eleição como bispo para a diocese de Paracatu.

Foi ordenado bispo no dia 9 de agosto de 1986, em Guanhães, por Dom Geraldo Majela Reis, arcebispo de Diamantina, tendo como consagrantes Dom Serafim Fernandes de Araújo, arcebispo de Belo Horizonte e Dom Antônio Felipe Cunha, bispo de Guanhães. Em 14 de setembro, Dom Leonardo sai de Diamantina e vai para Paracatu, onde, toma posse como o terceiro bispo diocesano.

Dom Leonardo esteve 26 anos à frente da diocese de Paracatu. Foi assessor Nacional da Pastoral do Menor junto a CNBB. Lutou pela criação da Província Eclesiástica de Montes Claros, da qual Paracatu hoje é sufragânea e local onde estudam os seminaristas da Teologia. 

No dia 7 de novembro de 2012, tornou-se bispo emérito da diocese, por ocasião da nomeação do novo bispo diocesano, Dom Jorge Alves Bezerra.

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti