4 fev 10h39

Ten Cel Luiz Carlos Magalhães assume comando do 45 Batalhão de PM de Paracatu

O Tenente coronel Salustiano Michalick Vasconcelos, passou o comando do 45. batalhão para o Coronel Luiz Carlos Ribeiro Magalhães que veio da região do Vale do Aço para, segundo ele “dar continuidade ao bom trabalho que seu antecessor vinha realizou em Paracatu e região”.
Michalick, que passa agora para a reserva altiva da PM é considerado pelos seus comandados e pela comunidade um comandante “linha dura contra o crime”, que por várias vezes, esteve à frente de operações contra a criminalidade, demonstrando força de vontade e o interesse de estar juntom com a sua tropa, somando forças contra a criminalidade.
A nossa reportagem, Michalick disse que há um misto de alegrias e tristezas ao deixar o comando do 45. BPM.
“-Alegria por ter a certeza de que dei o melhor de mim, que fiz o melhor que eu pude pela cidade e pela sociedade ordeira de Paracatu e a tristeza é pelo fato de ter que deixar Paracatu, vou voltar pra Belo Horizonte onde eu tenho 2 filhas fazendo faculdade, cuidar do meu Pai que tem alzheimer e teve AVC e é hora de eu dar um apoio à minha família,” explicou.
O novo Comandante Tenente Coronel Luiz Carlos Ribeiro Magalhães, de 43 anos, natural de Timóteo e está há 23 na Polícia Militar. Atualmente comandava o 58° BPM de Coronel Fabriciano.
O novo comandante falou da honra e responsabilidade de assumir o comando do 45° BPM, e que depois de 23 anos na Política Militar, se sente preparado para novos desafios que serão baseados em três frentes de trabalho.
“-Vamos dar continuidade ao bom trabalho desenvolvido pelo Michalick e ainda avançar em algumas frentes que identificarmos pois temos Policiais Militares muito abnegados e dedicados e motivados para o trabalho e uma sociedade integrada ao trabalho da Polícia Militar. Trabalharemos investindo na educação e construção de valores, também na prevenção estratégica fazendo uso de ferramentas de gestão e por fim a repressão qualificada. Não vamos desistir e não vamos ficar apenas no papel de registrar no papel o ocorrido mas ajudar a fazer com que os infratores sejam identificados e levados à justiça,” afirmou.
Magalhães ainda disse que o câncer da criminalidade está ligado ao uso e tráfico de drogas.
“-O cenário do crime é o uso e tráfico de drogas, pois nós temos uma legislação em que o usuário não é responsabilizado pelo mal que ele ajuda a fazer e como nós temos um número muito grande de usuários, onde tem usuários tem traficante e esses traficantes são responsáveis por uma guerra entre eles e estão no plano de fundo de uma série de crimes violentos como roubos e homicídios,” disse o novo comandante. “-Os infratores não terão sossego,” garantiu e finalizou Magalhães.
fullscreen

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti