14 mar 2010 18h50

Grave acidente mata 4 jovens em Patos de Minas

Quatro jovens morreram na madrugada deste domingo na cidade de Patos de Minas a 220 km de Paracatu.

“Havia marca de frenagem no local, mas não dá para dizer se é do carro onde estavam ou de outro. Só a perícia poderá apontar as causas do acidente”, afirmou o cabo Marcos Antonio Silva.

O grave acidente aconteceu na madrugada deste domingo (14), na BR 354, na ponte do córrego Mata Burro, entre Patos de Minas e Lagoa Formosa. O Fiat/Siena Prata, conduzido por Gustavo Amâncio Caixeta, 21 anos, bateu na mureta de proteção da ponte e caiu de uma altura de cerca de 10 metros dentro do córrego. O carro que seguia em direção a Patos de Minas ficou quase todo submerso, só uma pequena parte ficou de fora.

Segundo o motorista, Pedro Geraldo de Oliveira, que passava no local logo depois do acidente, por volta das 3h30, deparou com pedaços da mureta espalhados pela via, mas não vendo nada seguiu para a Pamonharia do Aguinaldo. Ao chegar na pamonharia, pensou melhor e resolveu retornar para o local do acidente e fazer nova análise, onde, utilizando o celular para iluminar, conseguiu ver parte do veículo nas águas e acionar o Corpo de Bombeiros.

Os homens do Bombeiro tiveram trabalho para retirar o veículo. Só no início desta manhã, com a pista completamente interditada e usando um guindaste, foi que eles conseguiram içar o veículo e fazer sua retirada. Ao começar a retirada do carro, já foi possível ver o tamanho da tragédia. Dos quatro ocupantes do veículo de Patos de Minas, ninguém sobreviveu. Pedaços da mureta de proteção e as marcas da derrapagem ficaram pela via. A porta traseira do Siena foi arrancada com o impacto e arremessada no barranco do córrego.

Além do motorista Gustavo, estavam os jovens Edmar Gonçalves Martins, 21 anos, Michell Thornaike Gomes de Oliveira, também de 21 anos e Rayane Francis, de 17 anos. De acordo com informações de testemunhas, eles voltavam de Carmo do Paranaíba. Para retirar as vítimas do carro, que ficou completamente destruído, o Corpo de Bombeiros teve que fazer uso do desencarcerador. A provável causa da morte deles foi afogamento. Michel e Rayane estavam com partes do corpo de fora do veículo, possivelmente tentando se desprender e sair do carro.

Os corpos foram levados para o Instituto Médico legal para verificar a verdadeira causa das mortes. A perícia da Polícia Civil também esteve no local e vai analisar o que provocou a batida. A pista ficou interditada por um bom tempo e uma longa fila de veículos foi formada. Pessoas que foram ver o que teria acontecido ficaram chocadas com o tamanho da tragédia.

Esse foi mais um grave acidente nas rodovias que cortam a região em 2010. No início do ano, uma van bateu de frente com uma carreta na BR 365 a cerca de 30 km de Patos de Minas e 13 pessoas morreram. Próximo deste local, uma pick up bateu em um ônibus e o motorista do carro morreu na hora. Em outro acidente perto da entrada do Paraíso Country Clube, na BR 365, um jovem de 27 anos morreu ao bater em caminhão. Com isso, próximo a Patos de Minas, já são 19 vítimas fatais em pouco mais de 3 meses.

Colaboração: Farley Junio
fullscreen

Recentes

Mais Vistos

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti