6 jul 2015 19h29

Por um descuido, Câmara derruba veto do Prefeito e Zé Maria se rebela.

Esse tem moral! - O Líder de governo mostrou o seu poder na última reunião da Câmara. “-Todos no meu gabinete, agora, sem discussão.” Convocou Batista para orientação da bancada governista quanto à votação do veto do prefeito ao projeto de Lei do Vereador João Macêdo (DEM).  Todos os Vereadores da base seguiram, menos o Zé Maria do Paracatuzinho (PSD), que se rebelou, votou contrário e desabafou à nossa reportagem: “-Não é assim que se trata companheiro não.”

Veto do Prefeito é derrubado na câmara por descuido da assessoria
- O Líder de governo explicou o motivo que levou à base a derrubar o veto do prefeito e aprovar o projeto de lei 15/2015, do Vereador João Macêdo (DEM). “-Eu acredito que houve um descuido da assessoria do Prefeito ao enviar esse veto.”

Zé Maria, o Rebelde?
- Apenas o Vereador Zé Maria do Paracatuzinho (PSD) votou SIM para a manutenção do veto do Prefeito no PL 15/2015.

Placa do IDEB nas Escolas
– Também passou em segundo turno “por um descuido.” O Presidente em exercício constou em ata que o projeto foi aprovado em segundo turno por 9 a 8, mas, considerando que no momento o Presidente da Câmara estava ausente de suas funções e o Vereador Oswaldinho da Capoeira estava fora do Plenário, essa conta não fecha.  Um cidadão atento alertou das galerias: “-Essa conta tá errada, só tem 15 vereadores presentes, e 9 com 8 dá 17.”  Minutos depois o Vereador Professor Glewton (PROS), matematicamente explicou o equívoco, mas não teve jeito, apesar da discussão e polêmica do “volta não volta”, o projeto de lei segui para redação final.


© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti