31 mar 2011 20h20

Fábio Ferrer é Cidadão Honorário de Paracatu

Fabio Ferrer recebe Título de Cidadão Honorário de Paracatu

O artista plástico, músico, restaurador e ator Fábio Ferrer recebeu na última sexta-feira o Título de Cidadão Honorário de Paracatu.

Abaixo transcrevemos o discurso da Vereadora Graça, fotos da cerimônia e imagens que marcaram a carreira do homenageado Fábio Ribeiro Ferreira, o Fábio Ferrer.

Na seção de Vídeos, você também confere um especial sobre a sua vida e carreira.


“Uma tarde ensolarada e quente, marca a visita de Fabio Ferrer, acompanhado de Denise (sua assistente artística). Paracatu, em especial a casa de cultura no ano de 1999 quando eu tinha a hora e o prazer de dirigir aquela Fundação.

Ao folhear seu portiffolium fiquei deveras impressionada com o talento artístico e ao bagagem cultura de Fabio. Suas esculturas confeccionadas com mistura de terra de formigueiro, areia, cimento, cola, gesso, pó de etc, transcendiam a perfeição. Arte – arte da maior quilate.

Esta paragem ou passagem por aqui marcava-se com o convite que a ele fizemos para expor, mostrar aos paracatuenses a sua obra.

Vimos ao conhecer melhor as suas criações e projetos, suas realizações artísticas, que o estilo barroco, predominante no período colonial brasileiro, estarte presente em sua obra com visível e forte paixão, destacado pela combinação da riqueza de formas, movimento, dramaticidade e exuberância peculiares ao estilo adotado por Ferrer – a exemplo do Aleijadinho – o gênio, símbolo das artes plásticas no Brasil.

A obra de Ferrer se concretiza pelo fino detalhamento e pelo gosto apurados pelos ornatos. Chega a atingir o ápice do poder de criar, a superação da arte, onde o estilo barroco permite, com sua volumetria, transcender da terra e subir aos céus com seus anjos, querubins e serafins. Dar alma às suas deusas ou mulatas nas janelas ou na fonte dos chafarizes, moldadas, com exuberância e sensualidade através de seu barro mágico.

Inquieto, produz um turbilhão de idéias e projetos a todo tempo. Parece beija-flôr!Não tem paragem. Restaura muros, fachadas, pisos de pedra, faz esculturas.

Em 1998 Fábio apresentou à Partacatu seu desejo de homenagear a cidade nos seus “200 anos de elevação do Arrayal de S.Luis e Santana à Vila de Paracatu do Príncipe que coincide com a comemoração dos 500 anos do Brasil. Seria uma forma de através do tributo deixar a marca de seu talento e amor por Paracatu.

A Prefeitura através do então prefeito, amante da cultura Almir Paraca deu seu veredito. Dê a Fábio as condições necessárias para realização da obra. Adquirimos o terreno que antes era depósito de lixo e mato os servidores da prefeitura se tornaram discípulos, verdadeiros parceiros dessa obra que hoje se agrega ao patrimônio turístico histórico e cultural do município.

Teve também as crianças que aprendiam o ofício com Ferrer amassando o barro com as mãos e se tornaram os formiguinhas da obra, nos intervalos, aulas de canto com o mestre.

Vale ressaltar que o Passo da Paixão, foi uma homenagem aos Passo da Paixão de Cristo, (eram homenagem distribuídas nas mãos tradicionais do Núcleo Histórico) que caíram ou foram demolidos, infelizmente e o chafariz homenageando os 500 Anos do Brasil, através dos barroco mineiro presente também nos chafarizes de nossas Minas Gerais.

Lembro-me, em certo trecho da obra, quando Ferrer, que come passarinho, teve uma vertigem, quando trabalhava construindo a parte do chafariz, chegou à Casa de Cultura “branco”, pálido dizendo-se exausto e fraco. Dirigi-me à minha casa e preparei-lhe uma gemada, que lhe recuperou as forças e que de vez em quando se tornara necessário para em reforço físico.

O resultado foi a maravilha que hoje se torna mais uma atração da cidade.

Citar suas obras em nossa cidade seria redundância. Sua obra fala por e portanto fala por Fábio Ferrer o esplendor da grandiosidade de suas criações, de suas restaurações.

Um artista pleno, múltiplo capaz de e agregar a arte de várias formas que esculpi, pinta, encena, produz enfim.

Este é Fábio Ferrer hoje reconhecido como Cidadão paracatuense, num momento em que o reconhecimento de um povo, com certeza, lhe afaga o coração em justa e merecida homenagem.

Fábio, a presença da Cultura e da arte em sua vida, com certeza, transcenderão ao tempo se eternizarão como as estrelas!

Graças Jales

vereadora



fullscreen

Recentes

Mais Vistos

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti