6 abr 2009 18h27

Vivência e sabedoria, funciona?!

O Deputado Almir Paraca poderá testar, na prática, se funcionam mesmo a vivência e a sabedoria política do Ex-Vereador Marcão de Sá. Explico, citando o próprio deputado e o Ex-Prefeito Manoel Borges.

Ano passado, Almir Paraca deixou de lado a candidatura a prefeito de Ragos Oliveira, ficando contra o seu ex-companheiro e o seu partido, o PT. Preferiu apoiar a reeleição do Prefeito Vasco Praça Filho, que é o PMDB. Agora, Vasquinho vem dizendo que o candidato a deputado a ser apoiado pelo seu governo, ano que vem, quando Almir deverá pleitear a reeleição, deverá ser o presidente do PMDB, Emiliano Botelho.

Corria o ano 2000. O Ex-Prefeito Arquimedes Borges, que lançara seu tio Manoel Borges na política e ajudou a coloca-lo no paço municipal, estava praticamente lançado. Mas Manoel, que fora do PTB, decidiu também ser candidato novamente, agora pelo PMDB e com outro grupo político. Marcão de Sá o advertiu, com uma expressão que, agora, talvez sirva, talvez não, para Paracatu. Manoel não o ouviu e teve uma votação inexpressiva quando tentou o segundo mandato, em que pese ter sido um bom prefeito.

E o que disse Marcão de Sá? Marcão disse: “Manoel, Manoel: Caititu fora do bando é comida de onça”.
fullscreen

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti