2 set 2011 00h43

Paracatu em Rede Nacional pelo Sistema Canção Nova

Neste Sábado, 03/09, o Bispo Diocesano de Paracatu, Dom Leonardo de Miranda Pereira estará no Programa Mais Brasil da Rede Canção Nova falando sobre seus 50 anos de Ministério e sua história de vida desde sua ordenação a 50 anos.

Além de Dom Leonardo, também participará do Programa, o Presidente da APAC, Eurípedes Tobias, falando sobre o Sistema em Paracatu e Membros do Ministério Jovem de Paracatu que acompanharam a gravação do Programa nos estúdios da Canção Nova em Belo Horizonte.

O Programa, apresentado pelo Missionário Eros Biondini, vai ao ar às 13 horas deste Sábado 03/09 pela Rede Canção Nova, que além da transmissão para todo o território brasileiro, dispõe ainda de satélites de distribuição que transmite o material produzido no Brasil para toda América do Norte, América do Sul, parte da Europa e através de parceria com a Sat Link, transmissão na Ásia, Egito, Austrália e Nova Zelândia.


História do Bispo Dom Leonardo

Dom Leonardo de Miranda Pereira nasceu em Diamantina (MG) em 31 de maio de 1936, filho de Antonio Gabriel Pereira e de Maria Nilda de Miranda Pereira. É o oitavo dos 13 filhos. Fez o curso primário no Grupo Escolar “Mata Machado” e, desde cedo foi um menino piedoso, pertencendo à Cruzada Eucarística da Catedral. Ingresso no Seminário de Diamantina, em 1948, onde cursou humanidades, filosofia e teologia. Foi ordenado Sacerdote em 08 de dezembro de 1959 pelas mãos do Arcebispo Dom José Newton de Almeida Batista.

Apenas ordenado, foo cooperador da Paróquia de Sabinópolis (1960-1961) e Capelão do Hospital São Sebastião, cooperador de Dores de Guanhães, Pároco de Couto de Magalhães de Minas (MG) e Pároco de Guanhães (MG). Em 21 de maio de 1986, a Santa Sé o elegeu terceiro Bispo Diocesano de Paracatu. Esteve por algum tempo trabalhando no Seminário de Diamantina, como Reitor interino em 1977.

Foi encarregado de montar e organizar o processo de criação da Diocese de Guanhães, instalada em 01 de maio de 1986, sendo desmembrada da Arquidiocese de Diamantina e das Dioceses de Itabira e de Governador Valadares.

Em São Sebastião do Maranhão, fundou a Escola Estadual São Sebastião e em 1970 fundou o Colégio Municipal São Sebastião do Maranhão com o Curso Magistério.
Em Guanhães levou a termo a construção da Igreja Catedral, inaugurada em 28 de junho de 1981 e foi professor na Escola Estadual Odilon Behrens.

Em todas as Paróquias por onde passou, criou movimentos religiosos e procurou dinamizar os que já existiam.

Foi Sagrado Bispo no dia 09 de agosto de 1986, em Guanhães, por Dom Geraldo Majela reis, Arcebispo de Diamantina, tendo como consagrantes Dom Serafim Fernandes de Araújo, Arcebispo de Belo Horizonte e Dom Antonio Felipe da Cunha, Bispo de Guanhães.

Tomou posso da Diocese de Paracatu no dia 14 de setembro de 1986 pelas mãos do Núncio Apostólico D. Carlo Furno.
fullscreen

Recentes

Mais Vistos

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti