28 abr 2011 11h46

Dr Romualdo chama a Câmara à reflexão e critica Vereador Vanio

Fazendo uso da tribuna, na sessão do dia 25, o Vereador Romualdo Ulhoa (PDT) listou assuntos delicados e situações pelas quais Paracatu vem passando nos últimos tempos e suscitou, não só do grupo de vereadores, mas do plenário, da imprensa e da sociedade como um todo, o cuidado na lida com a diversidade de opiniões e no respeito àqueles que desempenham cargos públicos ou não.

Assinalou como salutar à política local o debate levado à tribuna nas sessões anteriores, pois assim o cidadão conhece melhor o posicionamento dos seus representantes. O elemento causador de preocupação seria a veracidade, clareza e exatidão das informações repassadas nestas ocasiões. Um destes pontos foi o esclarecimento sobre a situação da UTI do Hospital Municipal, no período em que o falecido Secretário Municipal de Obras - Luiz Carlos Adjuto Botelho, esteve sob tratamento. Dr. Romualdo trouxe aos presentes alguns documentos com o relato dos médicos que atenderam o Secretário, como forma de tornar precisa a informação.

Quanto ao caso dos salários dos servidores municipais da educação, indagou sobre a forma de tratamento do assunto por alguns representantes da classe, tanto no plenário, quanto na condução geral do impasse. Ressaltando, porém, que no transcurso das negociações encontrou posturas positivas e dignas de destaque pela disposição em sanar os problemas que impedem o desfecho da situação.

Fez também um apanhado do processo político local com vistas à renovação das candidaturas à prefeitura municipal no próximo pleito. Chamou a atenção para o método de acesso destes candidatos ao eleitorado, tecendo críticas a alguns que não respeitam a postura alheia. “É muito difícil entender este jogo. A política tem muita articulação, mas esta articulação é para os cabeças, o restante é manipulação e aí está a grande diferença entre os políticos que sabem de fato levar a sua proposta ao cidadão, com convicção e sem subterfúgios e os outros que tratam as pessoas de maneira equivocada.”

Durante sua fala, Dr Romualdo acusou o vereador Vanio Ferreira de utilizar da tribuna da Câmara para fazer acusações e críticas ao governo municipal baseadas em boatos e informações equivocadas relacionadas ao atendimento no Hospital Municipal, o que, segundo ele, além de serem inverídicas, ainda são desrespeitosas com as famílias das vítimas.

"O ataque indiscriminado e antiético não atinge o propósito e não contribui para o debate político, causando um desconforto que poderia ser poupado se houvesse foco na solução dos problemas." concluiu o vereador.

Recentes

Mais Vistos

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti