15 ago 09h38

Pequenos negócios mineiros geram o segundo melhor saldo de empregos do Brasil

As micro e pequenas empresas (MPE) mineiras geraram um saldo de 99.419 empregos no primeiro semestre, o que corresponde a 78,8% do total de postos de trabalho criados no estado no período. O saldo é quatro vezes superior ao das médias e grandes empresas do estado e o segundo maior do Brasil, atrás apenas de São Paulo (268.868 vagas). É o que mostra o levantamento realizado pelo Sebrae Minas, com base nos dados do Novo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados.
 
O saldo de contratações nas MPE mineiras entre janeiro e junho deste ano, apesar de positivo, foi 15,7% menor em relação ao primeiro semestre de 2021. “Fatores como a inflação e juros elevados, alta no preço de commodities e no custo de matérias-primas, desaceleração da economia mundial, além de outros impactos causados pelos conflitos entre a Rússia e a Ucrânia, provocaram um nível maior de incertezas, freando o consumo das famílias e os planos de investimentos das empresas”, avalia Afonso Maria Rocha, superintendente do Sebrae Minas.
 
O setor de Serviços foi o que apresentou o maior saldo de empregos (52.959 vagas) nas MPE mineiras entre janeiro e junho, com um crescimento de 27% em relação ao mesmo período de 2021. O Comércio apresentou a pior variação em relação ao primeiro semestre do ano passado, com uma retração de 74%.
 
As atividades com o melhor desempenho na geração de empregos em Minas Gerais foram: construção de edifícios (4.880), restaurantes e similares (4.279) e outras obras de engenharia civil (2.827).
 
Perfil dos empregados das MPE
Os homens foram a maioria (58%) dos contratados pelas MPE mineiras. No saldo de vagas geradas pelo segmento no primeiro semestre, 57.968 foram ocupadas por homens e 41.451 por mulheres.
O perfil mais comum das admissões feitas pelas MPE mineiras no período são homens na faixa de 18 a 24 anos, com ensino médio completo. Já o salário médio de admissão pago pelas MPE de Minas Gerais no primeiro semestre foi de R$ 1.606,62.
 
As ocupações com melhores saldos de empregos no segmento foram: servente de obras (7.287), faxineiro (5.013) e alimentador de linha de produção (5.511).
 
Saldo de vagas por municípios
Belo Horizonte liderou a geração de empregos nas MPE no primeiro semestre deste ano, com um saldo de 17.796 vagas. Na sequência dos 10 municípios com o melhor saldo estão: Uberlândia (5.147), Contagem (3.888), Nova Serrana (3.099), Patos de Minas (3.023), Betim (2.679) e Uberaba (2.191), Juiz de Fora (2.175), Nova Lima (1.945) e Montes Claros (1.877).


Fonte: Sebrae Minas


*Permitido compartilhamento e ou cópia desde preservada a fonte (LEI Nº 9.610/98)
 ____________________________________________
news blog comunica not reporter a midiadigital noroestemineiro facebook youtube tradutor google hotmail mercado livre whatsapp gmail globo uol google tradutor previsão do tempo olx traduzir netflix yahoo messenger jogos instagram whatsapp web g1 outlook clima minecraft bol covid19 coronavirus pandemia paracatu

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti