19 mai 15h31

Confiança dos pequenos negócios de Minas Gerais é a maior dos últimos oito meses

A expectativa mais otimista em relação ao cenário de curto prazo aumentou o nível de confiança dos pequenos negócios mineiros em suas atividades. O Índice de Confiança dos Pequenos Negócios (Iscon) em abril ficou em 121 pontos, oito acima do registrado em março. A pesquisa, realizada pelo Sebrae Minas, ouviu 979 representantes de pequenos negócios entre 8 e 18 de abril.

A confiança do segmento foi puxada pelo Comércio, que registrou um Iscon de 125 pontos. Os demais setores: Serviços, Construção Civil e Indústria apresentaram um Iscon de 119 pontos. O Índice de Situação Esperada (ISE) do Comércio ficou em 143 pontos, uma variação de 11 pontos em relação a março. O ISE geral dos pequenos negócios em abril foi de 139 pontos.

O ISE, junto com o Índice de Situação Recente (ISR), compõem o Iscon. O ISE, contudo, tem peso dobrado no cálculo do índice de confiança. Em abril, o ISR registrou aumento de quatro pontos em relação a março (de 81 para 85) e o ISE aumentou nove pontos (de 130 para 139). “A melhora no índice de confiança dos pequenos negócios pode ser explicada por uma soma de fatores, como a redução ou anulação do imposto de importação de alimentos e insumos produtivos, o corte do IPI da maioria dos produtos industrializados e medidas para a injeção de recursos na economia, como a expansão do Auxílio Brasil e a liberação de saques de até mil reais do FGTS”, avalia a analista da Unidade de Inteligência Empresarial do Sebrae Minas Paola La Guardia.

Em contrapartida, a analista explica que o ISR, que mede a confiança dos empresários em relação ao passado recente, ainda se mantém em menor nível por conta dos impactos da alta de preços, principalmente de produtos básicos, insumos, alimentos, combustíveis e fertilizantes. “O aumento da taxa básica de juros pelo Banco Central, desde março do ano passado, para conter a inflação, também reflete no menor ânimo em relação aos últimos três meses”, explica Paola.

Confiança é maior entre as pequenas empresas
O segmento mais confiante em abril foram as Empresas de Pequeno Porte (EPP), com um Iscon de 130 pontos, 11 acima do registrado em março. O Iscon das Microempresas (ME) foi de 125 pontos, contra 118 em março, e dos Microempreendedores Individuais (MEI) foi de 117 pontos, com uma variação positiva de oito pontos em relação ao mês anterior.


Fonte: Sebrae Minas

*Permitido compartilhamento e ou cópia desde preservada a fonte (LEI Nº 9.610/98)
____________________________________________
news blog comunica not reporter a midiadigital noroestemineiro facebook youtube tradutor google hotmail mercado livre whatsapp gmail globo uol google tradutor previsão do tempo olx traduzir netflix yahoo messenger jogos instagram whatsapp web g1 outlook clima minecraft bol covid19 coronavirus pandemia paracatu

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti