10 mai 20h35

CENTRALSEG apresenta campanha contra violência na Câmara de Vereadores

Representando o MPMG, o fundador do CENTRALSEG de Paracatu, Sr Watson Wilton de Azevedo Rocha, apresentou nesta segunda-feira (09/05) na tribuna da Câmara de Vereadores, o planejamento e execução da Campanha Maio Laranja que tem por objetivo conscientizar a população e consolidar a rede de promoção infanto-juvenil no município.

A princípio, a campanha que surgiu de um PROPS (Procedimento de Projeto Social nº MPMG-0470.22.000111-4), contemplaria o combate à violência contra crianças e adolescentes, mas a
proveitando o momento, as entidades decidiram estender a mobilização para levar também uma mensagem sobre a violência contra a mulher e também ao idoso.

A iniciativa é uma parceria do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), das polícias Civil (PCMG) e Militar (PMMG), do Conselho Central de Políticas de Segurança Pública de Paracatu (Centralseg), do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), da Ordem dos Advogados do Brasil e do Sicoob.

“-Além de outdoors, banners na internet, adesivos e uma intensa campanha, várias ações de conscientização foram propostas e nós estamos aqui para pedir o apoio de vocês para divulgar, colocar o adesivo no carro de vocês e levar esta ideia adiante, dando visibilidade a esta campanha.” Disse Watson.

Também estão previstas palestras nas escolas para o dia 17; caminhada Maio Laranja saindo da Praça Santana, às 8h, do dia 18, em direção ao Fórum Martinho Campo; blitz educativa no dia 19; e roda de conversa no dia 20, às 8h, na Câmara Municipal. Já no dia 25, às 8h, na Câmara de Paracatu, ocorre a abertura oficial da 1ª edição da Semana Municipal de Incentivo à Adoção de Crianças e Adolescentes, entre outras ações.

Na busca por garantir proteção integral a crianças e adolescentes de Paracatu, o MPMG instituiu um procedimento de promoção e implementação de projetos sociais (Props). “-Queremos trazer a sociedade, a família e o terceiro setor para o debate, pois pretendemos estabelecer uma agenda anual de discussões sobre o tema”, afirmou a promotora de Justiça Maria Constância Alvim.

Segundo a representante do MPMG, uma das finalidades dessa consolidação da rede é desenvolver um conhecimento comum, eleger alternativas, formular estratégias e tomar decisões em conjunto sobre o tema. Para isso, estão previstas reuniões, parcerias, além de oficinas de qualificação dos agentes do Sistema de Garantia dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes e um calendário anual de discussão. “-Precisamos estabelecer uma política pública intersetorial, com agenda ampla, democrática e permanente, que seja independente de governos, conselhos e setores, senão, esse trabalho em rede, lentamente construído, se perde”, concluiu.





*Permitido compartilhamento e ou cópia desde preservada a fonte (LEI Nº 9.610/98)
____________________________________________
news blog comunica not reporter a midiadigital noroestemineiro facebook youtube tradutor google hotmail mercado livre whatsapp gmail globo uol google tradutor previsão do tempo olx traduzir netflix yahoo messenger jogos instagram whatsapp web g1 outlook clima minecraft bol covid19 coronavirus pandemia paracatu

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti