21 fev 11h59

Eleição de Presidência de Comissão na Câmara provoca demissão de contratados

 
A eleição para presidência de uma das Comissões mais importantes do Legislativo Paracatuense causou um “racha” entre parlamentares e Prefeito e ainda provocou demissão de pelo menos 50 cargos indicados por Vereadores comissionados na Prefeitura, segundo uma fonte ouvida pela nossa reportagem.
A ordem do executivo era para que os Vereadores elegessem a Vereadora Marli Ribeiro (PSC), porém a ausência do Vereador Vaguinho do ônibus (DEM) um dos titulares da comissão provocou um empate que foi decido pela Vereadora Vera Lemos (SD), que passou a ocupar o cargo de Presidente da Comissão de Administração Pública (CAP)
A ausência do Vereador Vaguinho do Ônibus custou caro a seus apoiadores indicados a cargos comissionados na Prefeitura. Apesar de atitude muito contestada e reprovada durante o período eleitoral, é comum que Vereadores da base do Prefeito condicionem o seu apoio a aprovação de projetos ou mesmo “a vista grossa” nas suas funções de fiscalização à troca de favores, uma das mais comuns a indicação se seus apoiadores aos chamados “cargos comissionados,” não efetivos.
O Vereador Vaguinho do Ônibus informou que estava com sua filha procurando atendimento médico enquanto acontecia as votações para definir Presidentes e outros cargos nas comissões da Câmara Municipal, sendo assim sua suplente votou em seu lugar e o Prefeito Igor Santos não teria gostado do resultado das votações, o que o motivou a exonerar todas as pessoas que tinham cargos na Prefeitura por indicação do Vaguinho do Ônibus.
“-Eu não pude estar presente por motivo de saúde da minha filha. Com isso, não pude votar de acordo com a indicação do Prefeito, onde ficou claro que nosso voto está condicionado ao cargo de pais de família que dependem do emprego para sobreviverem, mas isso não tem importância para o ilustre prefeito. É lamentável que o jovem prefeito se amarre a uma velha política. Quero esclarecer que antes de interesses de terceiros, o povo de Paracatu e a minha família estão acima de qualquer coisa. Agradeço aos cidadãos de Paracatu que sempre me apoiaram e que me conhecem.” Denunciou Vaguinho.
Dois outros Vereadores também anunciaram que deixam a base de apoio do Prefeito, o Vereador Beto Codorna (PSD) e a Vereadora Nilda da Associação (PSB). Os parlamentares não informaram se a decisão tem relação com demissão de indicados a cargos no executivo.
O que diz o Prefeito
A Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Paracatu informou que o Prefeito Igor Santos (DEM) não irá se manifestar sobre o assunto.
 


*Permitido compartilhamento e ou cópia desde preservada a fonte (LEI Nº 9.610/98)
___________________________________________
news blog comunica not reporter a midiadigital noroestemineiro facebook youtube tradutor google hotmail mercado livre whatsapp gmail globo uol google tradutor previsão do tempo olx traduzir netflix yahoo messenger jogos instagram whatsapp web g1 outlook clima minecraft bol covid19 coronavirus pandemia paracatu

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti