18 nov 17h18

Paracatu terá Centro de Triagem e Reabilitação de Animais Silvestres

Paracatu receberá R$2,3 milhões do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) para construção do Centro de Triagem e Reabilitação de Animais Silvestres (CETRAS). A proposta de instalação da estrutura foi escolhida pela plataforma “Semente: transformando ideias em projetos”.

O CETRAS de Paracatu ainda terá recurso garantido para manutenção por 18 meses pelo Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado pela mineradora Kinross.

Segundo o MPMG, o projeto vai receber, identificar, marcar, triar, avaliar, recuperar, reabilitar e destinar até 
2.200 espécimes da fauna silvestre e exótica por ano.

O Cetras terá vários setores como: recepção dos animais, escritório, quarentena, internação, atendimento clínico, cirurgia, laboratório, radiologia, cuidados com filhotes, depósitos, cozinha, vestiários e banheiros. Um acervo de material biológico de animais para fins de estudo, pesquisa e educação também vai ser mantido no local. As instalações foram planejadas conforme projeto aprovado pelo próprio MPMG e pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF).

O Ministério Público exalta a importância de um centro de reabilitação em Paracatu. Pois animais silvestres apreendidos em operações (comércio ilegal, acidentes) não tinham suporte para recuperação. Muitas vezes, esses animais eram encaminhados para profissionais da cidade, porém, nem sempre dispunham de estrutura completa para reabilitação.

Projeto Semente

A plataforma “Semente” tem como objetivo a defesa do meio ambiente com auxílio de promotores de Justiça, garantindo segurança jurídica e transparência em medidas compensatórias ambientais.

A plataforma oferece subsídio a promotores de Justiça na seleção de projetos de relevância socioambiental apresentados por instituições do terceiro setor, iniciativa privada e poder público, com a utilização de uma plataforma virtual com acesso em todo o estado.

Segundo o MPMG, os projetos recebidos são avaliados nas esferas jurídica, técnica e financeira para garantir a regularidade institucional e a viabilidade deles. As propostas aprovadas ficam disponíveis em um banco de dados que fica disponível para acesso e seleção dos promotores. A execução dos projetos escolhidos é acompanhada por quem fez a escolha, desde o monitoramento das ações até o emprego dos recursos financeiros.

 
Fonte: G1


*Permitido compartilhamento e ou cópia desde preservada a fonte  (LEI Nº 9.610/98)
____________________________________________
news blog comunica not reporter a midiadigital noroestemineiro facebook youtube tradutor google hotmail mercado livre whatsapp gmail  globo uol google tradutor previsão do tempo olx traduzir netflix yahoo messenger jogos instagram whatsapp web g1 outlook clima minecraft bol covid19 coronavirus pandemia paracatu vagas de emprego estágio

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti