18 ago 2010 21h28

Criação de hemocentro e reforma de escolas são propostas de Vereador Glewton

WebReporter

“É inadmissível que uma cidade do porte de Paracatu, com faculdades, hemodiálise, fique a mercê de Patos de Minas.” Foram as palavras iniciais do vereador e professor Glewton de Sá, que reivindicou através da tribuna que fosse instalado um hemocentro em Paracatu.

Ressaltando a importância de um hemocentro para a cidade, o vereador apresentou dados estatísticos das chances que um portador da leucemia tem de encontrar um compatível para transplante de medula no registro brasileiro, que é de aproximadamente uma em cem mil. “Podemos fazer uma campanha junto com a Faculdade [Atenas] de Medicina e o Tecsoma, vamos levar esta idéia para frente!”, disse Glewton, que finalizou agradecendo o grande apoio e incentivo que teve por parte da coordenadora de vigilância em saúde Evanir Soares da Fonseca.

Em apoio à tribuna de Glewton, o médico e vereador Dr. Romualdo disse que a política de todos os vereadores encima deste projeto pode fazer a diferença, e ressaltou: “Um hemocentro realmente faria a diferença em nossa cidade”

O Paracatu.net entrou em contato com o Centro de Hemodiálise de Paracatu e falou com a Técnica em Enfermagem Juliana Garcia, que explicou que um hemocentro na cidade incentivaria muito as doações de sangue, já que atualmente um doador tem que ir até Patos de Minas. “Isso aumentaria o número de bolsas de sangue, que são vitais para o nosso trabalho”, informou Juliana.


Como segundo tópico, o vereador Glewton fez requerimento para que sejam reformadas as escolas Caic e Coraci Meireles, que segundo o vereador estão em estado lastimável. “A situação em que essas escolas se encontram hoje, para quem tem oportunidade de ver, é de dar medo.” Em outra parte do seu discurso, Glewton alertou para um acontecimento que inquietou todos os expectadores: “O exército esteve em Paracatu e doou para aquela escola [Caic] 80 latas de tinta. Essas latas sumiram.”

O vereador frisou que o requerimento é com urgência para as duas escolas, que precisam de maior atenção, e finalizou sua tribuna dizendo: “As escolas não podem esperar, os alunos não podem esperar! Eu tenho certeza que com isso quem ganha é toda a comunidade de Paracatu.”

Recentes

Mais Vistos

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti