14 dez 2018 09h15

Produtores de leite de Paracatu participam de missão técnica

WebReporter
Vinte produtores de leite de Paracatu participaram, na última semana, de uma missão técnica ao campus experimental da Embrapa localizado no município de Coronel Pacheco, próximo a Juiz de Fora – um dos mais renomados centros do país quando o assunto é gado de leite. A viagem integrou as atividade do projeto Educampo Leite, realizado pelo Sebrae Minas em parceria com a Cooperativa Agropecuária do Vale do Paracatu (Coopervap).

O intuito da missão foi utilizar de um ambiente experimental para apresentar aos produtores as novas tecnologias adotadas no setor. Durante três dias eles participaram de palestras, dia de campo e mini cursos teóricos e práticos com pesquisadores da Embrapa, abordando temas como economia rural, importação e preço do leite.

O produtor Anir André Correa, que está a cinco anos no projeto Educampo, foi um dos que integraram a missão. “Tivemos a oportunidade de ouvir, discutir e aprender com diversos pesquisadores da Empraba - Gado de Leite, uma instituição reconhecida e respeitada mundialmente. Sou grato aos organizadores e aos técnicos do Sebrae e da Coopervap por nos proporcionar experiências como esta”, destaca o produtor.

Para o coordenador do projeto Educampo pela Coopervap, Alysson Sampaio, ações como esta colaboram para a evolução da atividade, e aproximam os produtores da profissionalização. “Percebi que em um ano que estou na coordenação do projeto houve uma adequação do perfil dos produtores para integrar à metodologia do Educampo. Criou-se também uma rede entre eles, que são vistos como uma liderança para difundir o conhecimento aos produtores vizinhos. Hoje estamos com fila de espera de interessados em integrar o projeto”, afirma Sampaio.


Sobre o Educampo Leite

É um modelo de assistência técnico-gerencial, contínua e intensiva, direcionado a grupos de produtores rurais com a mesma atividade produtiva e vinculados a uma agroindústria. O objetivo do projeto é adotar controles gerenciais aliados à prática de tecnologias de produção, proporcionando lucro e maior conhecimento do negócio ao produtor. Tem como público-alvo micro e pequenos empresários rurais produtores de leite. “Tivemos uma soma de esforços que nos levou a colher bons resultados. A Coopervap acreditou na metodologia do projeto, e os produtores de leite entenderam a importância de profissionalizar a atividade. Acredito que esta semente, plantada em 2014, ainda terá grandes frutos, contribuindo para o desenvolvimento da pecuária leiteira na região”, reforça o consultor do Sebrae Minas, Márcio Souto.
fullscreen

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti