24 out 17h32

Vereadores questionam governo sobre imóveis abandonados do Minha Casa Minha Vida

WebReporter
Durante os momentos destinados a assuntos relevantes na Câmara, o Vereador Joeli do Ônibus (PSC), acendeu um estopim de uma discussão que terminou com um pedido de informação à Secretaria de Desenvolvimento e Ação Social do Município.
O Parlamentar apresentou algumas fotos e questionou a existência de dezenas casas abandonadas nos bairros Chapadinha, Chapadinha II e Residencial Sara Kubitscheck, construídas dentro do programa “Minha casa, Minha Vida” do Governo Federal.
“-Os imóveis do Programa Minha Casa Minha Vida não podem estar desocupados, abandonados, alugados ou cedidos, de acordo com as regras do programa, em Paracatu a situação é mais complicada pois as casas estão abandonadas e se deteriorando com o tempo,” afirmou Joeli, solicitando em seguida uma providência por parte do governo.
Para o Presidente da Casa, Vereador Ragos Oliveira (PRTB), “a solução seria simples, mas falta atitude do Prefeito.”
“-Procura a pessoa pra fazer o distrato, se não achou, publica no diário oficial e o município pode assinar o distrato, mas tem mais de um ano que estamos ouvindo essa conversa aqui na Câmara. Não aguento mais ser vereador desse jeito não!” Lamentou Ragos.
O Vereador Gilsão do Paracatuzinho (PRTB), lembrou que
“-No início do ano passado há quase dois anos eu questionei isso aqui e até agora nada foi feito. O problema é que não tem lógica uma Secretária de Ação Social que não gosta de pobre, eu digo isso porque toda hora tem uma reclamação no meu gabinete, não é menos que 5, 6 por dia,” afirmou Gilsão, que ainda lembrou dos acontecimentos recentes que ainda estão sendo investigados pela Polícia.
“-Tira menino de orfanato por perseguição, coloca em outro, a casa pega fogo, muda de casa, menino foge e assim vai. Tá faltando é o Prefeito colocar gente pra passear,” sugeriu Gilsão mais uma vez demonstrando descontentamento com a administração pública.
Conhecedor do processo por ter ocupado diretoria dentro da Secretaria de Ação Social em governos anteriores, o Vereador Edivar Pacheco Andrade (MDB), explica que é interesse do município a entrega dessas casas à pessoas e que ao seu ver “é muito simples o processo, mas falta compromisso,”  afirma Edivar.


Fotos: Ass. Vereador Joeli
fullscreen

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti