17 out 17h09

Na Câmara: “Não temos o que comemorar,” falta até “agulha” no Hospital Municipal

WebReporter
O Vereador João Batista (PHS), durante a reunião na Câmara fez duras críticas ao sistema de saúde pública de Paracatu e relatou mais um caso que ele garante ser “recorrente” em seu gabinete.
“-Ontem eu recebi mais uma denúncia do Hospital que as pessoas ficam horas aguardando na fila e quando chega lá dentro, na hora do atendimento não tem uma agulha dar injeção. Quem tem condição, sai pra comprar, mas tem gente que não tem condições e volta pra casa sem atendimento e sem medicação,” afirmou.
O Vereador ainda cobrou explicações do líder de governo e conclamou os colegas parlamentares para unirem forças em prol da saúde pública e se mostrou totalmente descontente com a administração municipal.  “-O recado tá dado,” finalizou João Batista visivelmente chateado.
O Líder de Governo Marcos Oliveira (PSDB) por sua vez garantiu que levaria o assunto ao executivo, mas não deu esperanças de uma solução para a população.
“-Vou levar ao conhecimento do Secretário de Saúde e do Diretor do Hospital, mas infelizmente o problema da saúde em Paracatu, como todos sabemos é gestão e para resolver isso que nós já votamos e aprovamos aqui a gestão compartilhada, que estamos esperando ser implantada,” lembrou.
Silvio Magalhães (PTB), também acrescentou seu descontentamento com os gastos que ele chamou de “desnecessários”
“-Apesar da festa que está sendo preparada, nós não temos o que comemorar não! A saúde não está bem, o meio ambiente não está bem, muitas estradas na zona rural estão ruins e prejudicando muito o trabalhador, o homem do campo. É fácil sentar na mesa numa sala com ar condicionado e dar liberdade para seus cargos comissionados fazerem o que quiserem, mas a população está sofrendo,” afirmou

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti