20 set 08h24

O confronto de ideologias no atual cenário da política nacional

Claudio Oliveira
Antes mesmo de bater o martelo para o início das campanhas eleitorais, rotineiramente, os eleitores estavam afoitos e apostos para defender seus interesses. Uns acreditam na mudança do dia para noite, já outros, temem que ela aconteça. O mais interessante é que não pensam que o poder está, de fato, na ponta do nosso dedo. 
A pauta é sempre a mesma, defender seus candidatos, custe o que custar. Com isso, não existe aquela amizade de anos nem consideração pelo próximo que tem pensamentos opostos. O exemplo que tiramos de toda situação é ver que o povo compactua e faz grosserias por pouca coisa.
Essas mudanças prometidas e, até juradas, fazem pessoas acreditarem que seremos um país desenvolvido apenas pela força de uma pessoa. Protagonizamos um verdadeiro campo de guerra, onde os perdedores são ameaçados, desde já, com opressões e injúrias. Nesse contexto, desacreditamos na política feita pelo povo e, infelizmente, damos início à escassez de valores.
A grande maioria intitula seus políticos favoritos como ídolos, chamando-os de “mito” e, até se arriscam, marcando a pele com alusões a esses servidores, que perdem a função social e se tornam “majestade soberana”. Com esse clima de torcida e de revanche, qualquer que seja o resultado da eleição, resultará em muita decepção, raiva e divisão do país.
Temos que nos informar se, de fato, vamos eleger um candidato que cuide do interesse público, buscando a ficha no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e ver se a imagem que eles passam condiz com o futuro melhor, que são inúmeras vezes citados em seus discursos. Assim como, acompanhar as mídias, ver e analisar, milimetricamente, o potencial de quem você almeja tanto colocar no poder é algo recomendável. Não é tarefa fácil decidir quem vamos eleger, mas, nessa hora, vale lembrar que essas pessoas não são ídolos e sim, funcionários públicos.


Cláudio Oliveira – Jornalista

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti