1 ago 10h59

PM registra dois homicídios em menos de 24 horas em Paracatu

WebReporter
O vigésimo quinto homicídio do ano ocorreu nesta terça-feira (31/07), por volta das 07:45h. 
A polícia militar recebeu denúncia informando que havia um veículo de cor branca parado na Estrada Espírito Santo, em frente à chácara Santa Luzia (Guerão), e que o veículo estava com duas perfurações no vidro do lado do motorista.
Diante disso, os policiais foram até o local e se depararam com o veículo estacionado. Os policiais perceberam que no interior do carro havia um corpo de um homem, em estado de rigidez cadavérica.
A perícia foi acionada e realizou seus trabalhos, recolhendo o corpo ao necrotério. O perito recolheu um projétil, no interior do veículo, provavelmente cal .38. Foi localizado ainda um comprovante que o veículo passou no pedágio da praça p2 (Paracatu) da BR 040 na data de 30/07 às 16:49h.
Feito contato com Via 040, a empresa disponibilizou as imagens do veículo passando pelo pedágio sentido Cristalina na data de 30/07 às 10:23h e retornando sentido a paracatu às 16:49h. Nas imagens fica claro e foi identificado pela Policia o condutor do veículo, tendo outra pessoa no banco do passageiro, que não foi possível Identificar.
Durante os trabalhos policiais, uma testemunha liga no 190 e diz que seu companheiro saiu de casa na segunda-feira 30/07/2018 por volta das 20:40h, falando que iria buscar uma droga próximo ao viaduto do bairro chapadinha, para um indivíduo conhecido dele e que ao sair, a vítima proferiu os seguintes dizeres a testemunha, "vou buscar uma parada para “fulano”, se eu não voltar em 30 minutos você já sabe, pode ir atrás de mim", e até o momento não tinha retornado. Diante da solicitação, a sala de operações da PM perguntou as características de seu companheiro e a testemunha informou, sendo orientado a ela que fosse até o necrotério local, pois as características passadas por ela batiam com as da vítima.
No necrotério, a testemunha reconheceu o corpo como sendo de seu companheiro E.C.G, de 31 anos, e disse que alguns tempos atrás, a vítima teve um desentendimento com o tal com quem ele foi pegar a droga e que depois voltaram a andar juntos. 
Um caseiro da chácara próxima disse que viu o veículo estacionado no local, mas não ouviu nenhum barulho de disparos de arma de fogo.


Já o vigésimo sexto homicídio do ano ocorreu na madrugada desta quarta-feira, por volta das 03:00h.
A polícia militar foi acionada a comparecer na Rua José Martins de Oliveira, no bairro Paracatuzinho, onde teria ocorrido disparos de arma de fogo.
Ao chegar ao local, a polícia se deparou com um indivíduo caído ao chão, sem sinais vitais. Havia três marcas de perfuração nas costas do indivíduo.
A perícia técnica da Policia Civil compareceu e realizou seus trabalhos. Devido ao horário do ocorrido, não foi possível qualificar nenhuma testemunha. Também não foi possível fazer a identificação da vítima, pois a mesma não portava nenhum documento de identificação.




Fonte: Polícia Militar

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti