2 jul 22h35

Dicas para não "pisar na bola" e não passar vergonha nas redes sociais

Glauber César Rodrigues
Hoje de manhã quando indicava um aluno para uma vaga de assistente administrativo em uma grande empresa, aconteceu um fato inesperado que eu resolvi compartilhar com vocês.
Enquanto eu destacava suas qualidade profissionais, o diretor da empresa olhando no computado me disse: “Mas olha só o que ele posto nas redes sociais...”  Vocês já devem imagina né?
As redes sociais se tornaram fontes de informação - ou desinformação - e uma espécie de fórum público onde pessoas compartilham suas opiniões e reflexões.
No entanto, é preciso refletir sempre sobre o meio, a mensagem e o interlocutor, porque no final das contas somos aquilo que pensamos e expomos e, assim como a palavra falada, não tem como voltar atrás do que foi publicado - apesar das possíveis edições. E o que você faz e publica na internet pode influenciar a sua vida profissional.
Como isso sempre gera muita polêmica, resolvi repassar pra vocês 5 dicas, ou seriam cuidados para os internautas não se arrependerem e não mancharem a reputação de suas carreiras. Concordando você ou não, é apenas uma contribuição:
1. Alcance
A primeira coisa a se pensar antes de emitir qualquer opinião é que as redes sociais foram feitas para gerar visibilidade rapidamente, a famosa viralização. Dentro de meia hora, por exemplo, aquele comentário aparentemente inofensivo pode ser lido - e descurtido - por milhares de pessoas.
2. Comportamento
Usar o poder das redes sociais para compartilhar visões preconceituosas, como machismo e homofobia, é a maneira mais rápida e garantida de passar vergonha e, em alguns casos, perder o emprego.
3. Lembre-se do print screen
Este é o recurso mais poderoso na hora de gerar repercussão negativa para algum post. Por mais que a pessoa apague a publicação depois de perceber que mandou mal, alguém certamente já fez um print, tornando aquele deslize praticamente eterno.
4. Álcool vs Celular
O celular pode ser um aliado na hora da bebedeira apenas para chamar um táxi para voltar para casa. Mas gravar vídeos, áudios de WhatsApp e postar fotos com umas doses a mais na cabeça é a senha para cometer algum deslize imperdoável.
5. Tanto na vida pessoal quanto na profissional
Não existe essa coisa de rede social profissional e rede social pessoal. Você é uma única pessoa e seus chefes, parceiros comerciais e sua rede de contatos irão julgá-lo pelo seu comportamento não apenas no LinkedIn mas também em outras redes sociais. Fique esperto.
 

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti