8 mai 14h49

Governador entrega ponte que liga Brasilândia de Minas a Paracatu na LMG 680

WebReporter
Obra de R$ 2,1 milhões representa um avanço importante para a economia local, pois irá facilitar o escoamento da produção das empresas que atuam naquele entorno
 
O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, entregou oficialmente nesta terça-feira (8/5) a obra de encabeçamento da ponte sobre o Rio Verde, na LMG-680, no trecho entre o entroncamento da MG-181, em Brasilândia de Minas, com a LMG-690, em Paracatu, no Território Noroeste. Ao todo, foram investidos R$ 2,1 milhões, por meio do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER-MG).
A obra era uma antiga reivindicação da comunidade e representa um importante avanço econômico, já que irá facilitar o escoamento da produção das empresas que atuam no local. O investimento foi selecionado pelos prefeitos e população da região durante os Fóruns Regionais de Governo como sendo umas prioridades do entorno.
Fernando Pimentel destacou a importância desse modelo de administração – os fóruns -, que permite a decisão conjunta com a população da aplicação de recursos do Estado em obras que vão impactar diretamente na realidade dos mineiros.
“Nós estamos em uma situação financeira tão difícil no Brasil que, às vezes, gestos tão singelos assim, como esse de entregar essa obra, faz a diferença na vida das pessoas. Eu sei a importância e o que significa essa ponte para a economia do município e da região toda”, disse o governador, lembrando que a nova estrutura vai representar economia para as empresas que escoam sua produção pelo local e geram renda e empregos. Ele ainda anunciou o empenho do governo em asfaltar cerca de cinco quilômetros na região, que vão beneficiar atividades exportadoras de empresas locais. 
O governador reforçou que a atual gestão aplica os recursos levando em consideração o perfil de cada região. “São gestos pequenos que fazem muita diferença. Governar é fazer escolhas, e nós escolhemos governar Minas Gerais olhando para cada região, olhando para o povo e falando a verdade. Vamos discutir com a população aquilo que é importante. Eu não discuto o tamanho da obra, e sim a importância dela para cada região do Estado”, ressaltou o governador, citando que gestões anteriores chegaram a gastar R$ 2 bilhões em uma única estrutura suntuosa na região metropolitana da capital.
 
Desenvolvimento
A região Noroeste abriga uma importante fronteira agrícola com a presença de fazendas de produção de arroz, milho, soja, sorgo, feijão, abacaxi, banana e melancia.  A criação de gado leiteiro também é uma das vocações do Noroeste mineiro.
O prefeito de Brasilândia de Minas, Marlen Júnior Pereira da Costa, lembrou da importância das obras de ligação asfáltica para a economia da região. “A ponte vai garantir o emprego de mil pessoas que trabalham em empresas no entorno. Reconhecemos a importância de ter um governador que olha pelo Noroeste de Minas Gerais. Estamos conquistando várias ligações por asfalto, e isso é fundamental para escoar a produção de grãos do Noroeste, que é a maior do Estado. A crise não é do prefeito ou do governador, é do país. Temos que ter união para enfrentar as dificuldades”, declarou.
O deputado estadual Inácio Franco também destacou que o encabeçamento da ponte era uma demanda antiga da região e que vai ter impacto na economia local. "A ponte vai permitir o escoamento da produção. O Noroeste é o celeiro de Minas Gerais. Hoje, o que se destaca na balança do Estado é a agricultura, que está presente e forte aqui neste entorno", afirmou o parlamentar.
O prefeito de Urucuia e presidente da Associação dos Municípios do Noroeste (Amnor), Rutílio Eugênio Cavalcanti Filho, afirmou que reconhece o empenho do Governo do Estado em garantir investimentos para a região. "Sempre que o senhor esteve aqui na região, trouxe benefícios, mesmo com todas as adversidades que conhecemos, como o déficit herdado da antiga gestão. A criação dos Fóruns Regionais permitiu que a gente levasse nossas reivindicações ao governo", afirmou.
Também estiveram presentes na inauguração o secretário de Transportes e Obras Públicas, Murilo Valadares, o diretor-geral do DEER-MG, Davidsson Canesso, os deputados estaduais Paulo Guedes e Bosco, além de outros prefeitos, vereadores e demais autoridades.
 
Infraestrutura
O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Transportes de Obras Públicas (Setop) e do DEER-MG, já investiu o montante de R$ 1,5 bilhão em obras rodoviárias, incluindo pavimentação, melhoramento, manutenção e ampliação da capacidade de rodovias, pontes e viadutos em todo o estado.
A retomada dos investimentos se deu a partir de julho de 2015, quando Fernando Pimentel deu ordem de reinício para obras paralisadas pelo governo anterior em novembro de 2014. Até fevereiro de 2018 foram construídos e concluídos trechos numa extensão de 574 quilômetros e realizados recapeamento e recuperação funcional do piso asfáltico em 833 quilômetros, além dos trabalhos de manutenção de rotina – tapa-buraco, roçada de faixa de domínio, limpeza do sistema de drenagem, conferência e reposição de sinalização em toda a malha rodoviária estadual – o que representa mais de 27 mil quilômetros de rodovias pavimentadas e não pavimentadas.



Crédito (fotos): Manoel Marques/Imprensa MG
fullscreen

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti