8 fev 07h59

Copasa afirma que "Obras irão amenizar a escassez hídrica em Paracatu"

WebReporter
Depois das dificuldades no atendimento à população durante o ano de 2017 e até mesmo a possibilidade que ainda existe do cancelamento do contrato com a Prefeitura de Paracatu, a Copasa, concessionária de serviços de tratamento e distribuição de água em Paracatu emitiu uma nota à imprensa afirmando que os "investimentos" prometidos durante audiência pública na Câmara terão início em março deste ano.

A nota diz o seguinte:

"Em março de 2018, a Companhia de Saneamento de Minas Gerais - Copasa - emitirá a ordem de serviço das obras de setorização do sistema de distribuição de água de Paracatu. As obras fazem parte de um projeto da Companhia que visa melhorar as condições do fornecimento de água do município. Além das obras de setorização, a iniciativa contará com a implantação de novos reservatórios e com a construção e melhoria de estações elevatórias.

A Copasa é responsável pelo sistema de abastecimento de água de Paracatu há
39 anos e continuamente realiza investimentos para garantir água tratada para aproximadamente 75 mil habitantes do município. Para dar segmento ao seu novo projeto, a Companhia já publicou o edital de licitação das obras de um reservatório estratégico de acumulação. Com capacidade de aproximadamente 800 mil metros cúbicos, a estrutura será utilizada para armazenar água proveniente do Ribeirão Santa Isabel. A água será utilizada no abastecimento do município, durante o período de estiagem.

Pró-Mananciais em Paracatu
.
Presente em diversas localidades de Minas Gerais, o Pró-Mananciais é realizado em Paracatu desde agosto de 2017. Por meio do projeto, a Copasa implantou 7,5 quilômetros de cercamento da margem esquerda do ribeirão Santa Isabel, que fornece a água utilizada no abastecimento da cidade.

Visando proteger e recuperar as microbacias hidrográficas e as áreas de recarga dos mananciais no município, a Companhia também construiu bacias de captação de água, aceiros e curva de nível.

Para o desenvolvimento das ações do Pró-Mananciais no município, foi criado o Coletivo Local de Meio Ambiente (Colmeia). O Coletivo conta com representantes de vários órgãos e segmentos da cidade e atua constantemente, junto à Copasa, na recuperação da microbacia."


Fonte: Assessoria de Imprensa Copasa 

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti