28 nov 20h11

O sentido da escola como lugar da alegria de aprender

Prof. José Ivan Lopes
As experiências humanas se transformam em memórias e lembranças e se fixam na história pessoal e coletiva proporcionando marcas indeléveis e imprescindíveis para o ser humano.
Dentre os diversos registros relevantes encontram-se os que foram construídos na vida escolar. Quem não se lembra de um fato marcante ou uma situação engraçada que transcorreu na escola em um passado distante? Isso prova que a memória da escola é importante e marca a pessoa pela vida inteira.
Posto isso, passamos a refletir acerca do papel da escola como lugar propício para a construção de lembranças alegres e positivas. Na escola se cultivam as melhores experiências e de lá se leva primordialmente as lições aprendidas de forma prazerosa, pois, segundo Miguel Arroyo, a escola é um lugar privilegiado, pois nela “toda variedade de significados aflora, é fácil reaprender, a partir dos próprios guardados, a pluralidade de sentidos formadores que tem a experiência escolar”. Muito mais que formar ou educar, a escola proporciona a construção de memórias e imprime marcas que acompanharão a pessoa ao longo de toda sua história. Tais impressões são, na maioria das vezes, positivas e edificantes pelo fato de as equipes educacionais tratarem a educação com seriedade e zelo.
Algumas inovações, no entanto, devem ser adotadas levando-se em consideração a perspectiva da escola como espaço de vivência e de construção de memórias e lembranças, muito mais que lugar de transmissão de informações simplesmente técnicas e sem vida. Uma das novidades mais recentes no campo educacional brasileiro é a implantação do sistema das chamadas escolas em tempo integral, cujo prazo para a adesão das secretarias estaduais extinguiu em 25 de novembro último. Tal sistema educacional não dará resultados positivos se o ambiente escolar não for atrativo e prazeroso para o estudante, principalmente para a criança. Permanecer durante o dia inteiro em lugar desagradável, desenvolvendo atividades igualmente desmotivadoras proporcionará a construção de memórias negativas, além dos inúmeros prejuízos para o aprendizado e para a vida das pessoas.

Para a grande maioria dos pensadores da educação, o grande mérito da escola é manter e cultivar no ser humano a capacidade de questionar e de se perguntar, ou seja, alimentar a inquietude humana e, acima de tudo, a possibilidade de superação dos problemas que brotam da realidade. Nesse sentido, além de ser lugar onde se constroem memórias positivas, a escola ainda alimenta nas pessoas a esperança de um futuro mais promissor.



[1] Mestre em Ciências da Religião pela PUC MG. Especialista em Pedagogia Empresarial pela Faculdade do Noroeste de Minas (FINOM). Licenciado em Filosofia pela PUC MG. Atualmente é Diretor Acadêmico da Faculdade FINOM. E-mail: [email protected]

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti