23 abr 2010 00h05

Estudantes e professores de Brasília conhecem Arquivo Público de Paracatu

WebReporter
União entre teoria e prática quando o assunto é a pesquisa em fontes primárias: isto explica a visita de 38 pessoas, entre alunos e professores do curso de história do Centro Universitário de Brasília (UNICEUB), ao Arquivo Público Municipal neste sábado (17).

Coordenados pela historiadora e também professora da referida instituição de ensino, Helen Ulhôa Pimentel (uma das fundadoras do Arquivo Público), os alunos e demais professores participaram de uma visita orientada aos acervos e laboratórios, onde são conservados e gerenciados preciosos documentos sobre a história de Paracatu, datados desde o ano de 1723, época em que o município era apenas um povoado, mas já contava com uma administração eclesiástica (cuidava da ordem moral e religosa) local.

Após conhecerem toda a estrutura na qual estão dispostos os fundos documentais preservados pela instituição, os visitantes prestigiaram uma exposição preparada pelo arquivista e coordenador do Arquivo, Carlos Lima, que juntamente com a servidora Cristiane Andrade, apresentaram-lhes fotografias, manuscritos, jornais, processos de inventário, equipamentos de proteção individual, tecnologias e matérias de qualidade arquivística. Durante a apresentação dos itens documentais daquela mostra, um dos participantes chamou a atenção dos seus colegas para a raridade de acesso a manuscritos dos séculos XVIII e XIX, a exemplo daquela oportunidade que eles estavam tendo de visualizar tais fontes primárias.

Localizada acerca de 230 km de Brasília, Distrito Federal, Paracatu é privilegiada por ser uma das cidades históricas mais próximas da capital federal, e o Arquivo Público por sua vez, é uma excelente opção para estudantes de história e de turismo desenvolverem suas pesquisas.

Fotos: Marisete Queiroz (estagiária do Arquivo Público Municipal)
fullscreen

Recentes

Mais Vistos

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti