16 jun 07h34

Policial Militar é preso após assassinar mulher em seu apartamento em Unaí

WebReporter
Um policial militar de 35 anos foi preso na tarde desta quarta-feira (14) no Noroeste de Minas, após assassinar uma mulher a golpes de faca em Unaí. Segundo as primeiras informações da Polícia Militar, o cabo é lotado na cidade de Buritis, distante cerca de 90 km, e mantinha um relacionamento com a vítima, de 36 anos.
O crime ocorreu no apartamento onde a vítima morava, no Centro de Unaí; o militar esfaqueou a mulher na região do peito. Após o crime, a polícia realizou rastreamento e encontrou o militar quando retornava para Buritis. De acordo com a PM, ele estava com a camisa com manchas de sangue e teria confessado o crime.
O perito recolheu do apartamento da vítima aparelhos celulares e um tablet, além de imagens do vídeo monitoramento do local. O militar foi encaminhado para a delegacia de plantão.
A arma do crime foi encontrada no Povoado de Vila Serrana, que fica a 15 km aproximadamente de Buritis, onde o militar trabalhava e foi preso após o homicídio.
“O serviço de inteligência encontrou a arma depois que o próprio militar indicou o local; a apreensão é importante para o andamento do processo. Durante o procedimento de flagrante na delegacia, o militar permaneceu em silêncio. Por isso, ainda é cedo para falar em motivação. Surgiu uma informação de que a vítima estaria grávida, mas os trabalhos técnicos, ainda na madrugada, não confirmaram a gravidez”, explica o Major da PM Amerson Braga. A arma foi entregue na delegacia, onde passará por perícia.

Segundo a PM, o cabo foi autuado por homicídio e confessou o crime ao ser detido. Ele está preso em uma unidade militar à disposição da Justiça. O Major informou que a Polícia Militar instaurou um processo administrativo para apurar o caso.


Sobre o caso, a Assessoria de Comunicação da PM emitiu a seguinte NOTA DE ESCLARECIMENTO.



A Polícia Militar esclarece que nesta data, por volta das 16h00min, na Rua Alba Gonzaga, em um prédio, no Centro da cidade de Unaí, um militar desta Corporação, lotado na cidade de Buritis cometeu crime de homicídio em desfavor de uma mulher com a qual supostamente mantinha um relacionamento amoroso. O militar atingiu a vítima com golpes de faca na região do peito. A Polícia Militar compareceu e acionou a perícia que realizou o trabalho de levantamento do local.


O militar foi identificado como um Cabo lotado na cidade de Buritis, após levantamentos do sistema de monitoramento das proximidades do local do crime. O militar foi preso pela própria PM, quando chegava na cidade de Buritis e estava com a camisa com manchas de sangue. O militar foi encaminhado para a Delegacia de Polícia e ficará preso a disposição da Justiça. A faca utilizada foi jogada às margens da rodovia quando do deslocamento para a cidade de Buritis e ainda não foi localizada.


Polícia Militar está consternada com o fato, frisa que não compactua que um de seus integrantes pratique tal hediondez, um ato abominável, repugnante e de violência extrema. A Polícia esclarece ainda que será aberto Processo Administrativo Demissionário visando a sua punição rigorosa e exemplar.


A Polícia Militar reafirma seu compromisso com a transparência de fatos envolvendo seus integrantes  e se solidariza com a família da vítima."


Fonte: G1
Foto: DiarioUnaiense
Nota: PMMG

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti