11 mai 22h55

Moradores reclamam e Vereadores cobram soluções para problemas no São Sebastião

WebReporter
A tribuna do Vereador Hernesto da Silva (SD), acendeu uma discussão sobre vários temas relacionados ao Povoado  Bairro do São Sebastião.
O parlamentar comentou sobre o Posto de Saúde do local “que está totalmente construído e pronto há mais de 6 meses pronto, mas ainda não entrou em atividade e apenas uma técnica de enfermagem e uma serviçal ficam no local,” afirmou Hernesto suspeitando que o problema pode estar relacionado a falta de assinatura do convênio do município com a Faculdade Atenas, que ainda segundo ele, “está causando problemas no atendimento à população uma vez que todas consultas feitas por alunos geram pedidos de exames, mas a comunidade não consegue ser atendida na rede pública.”
Para dirimir esta e outras dúvidas do setor de saúde, o Vereador apresentou um requerimento para que sejam convidados o Gestor da Faculdade Atenas e representantes do Governo Municipal para prestar esclarecimentos.
A Vereadora Nilda da Associação (PC do B), que também tem uma grande atuação na área da saúde, comentou a tribuna do colega e afirmou que a situação apesar de ser corriqueira “é errada.”
“-Hoje, em qualquer local que os alunos da Faculdade atendam, eles pedem exames e os doentes ficam mendigando nos consultórios e postos de saúde com o pedido na mão pra ver qual é o médico que pode trocar o pedido de exame para que eles possam fazer o exame pelo SUS e isso acaba gerando uma fraude,” afirmou Nilda que ainda registrou sua indignação com a situação. “-Não justifica o atendimento da Faculdade se eles não vão dar suporte ao tratamento. O que está acontecendo ao meu ver é briga de compadres,” finalizou.
Fossa a céu aberto – Ainda falando sobre as reclamações dos moradores do São Sebastião, o Vereador Hernesto da Silva mostrou fotos e vídeos de pontos com esgoto a céu aberto e uma fossa que foi feita pelos moradores para atender a comunidade mas já se tornou um grande problema de rico à saúde pública, devido a sua dimensão.
Vários moradores testemunharam o fato através de gravações. “O mau cheiro está difícil de suportar e o poder público tem que tomar providências pois os moradores já reclamam há vários anos e não tem respostas,” disse o sr. Klériston, morador do povoado.
O Vereador encaminhou ofício ao Governo municipal  pedindo a “construção de duas caixas sépticas até a solução definitiva da questão.
 “-A minha intenção aqui é buscar apoio e solução para que a comunidade seja atendida e o problema resolvido. O meu papel como Vereador eu vou fazer durante esses quatro anos, vou fiscalizar, vou trazer para o plenário e além de buscar a solução para a comunidade que sofre quando nós nos omitimos,” finalizou.
Sobre a fossa séptica no Povoado São Sebastião, a Secretaria de Meio Ambiente, através da Assessoria de Comunicação enviou nota à nossa reportagem afirmando que:
“O Prefeito Olavo Condé se reuniu com o diretor da COPASA em Belo Horizonte e entre as diversas demandas levantadas, o Prefeito solicitou urgência para que a COPASA assuma o serviço de esgotamento dos bairros e povoados: São Sebastião, Lagoa de Santo Antonio, Cunha e São Domingos. ”
Ainda seguindo a nota, “enquanto a companhia não toma as providências necessárias, o município tem atendido a todas as requisições dos moradores, que sempre comunicam à Secretaria de Meio Ambiente sobre a necessidade de esgotamento da fossa, como diversas outras demandas, que são atendidas prontamente.”

Foto: Assessoria Vereador Hernesto da Silva
fullscreen

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti