18 nov 2009 10h35

Homenagens e debates continuam na Câmara

WebReporter
Mais duas moções de Regozijo foram entregues na Câmara nesta semana; Primeiro ao Dr. Salvio Jordão, por diversos trabalhos de relevância desenvolvidos pela Comunidade, em especial pela iniciativa do Encontro dos Times Tradicionais de Paracatu. Em sua fala, Saulo Jordão destacou a história do Futebol Paracatuense e citou diversos nomes, como o Saudoso Veludão, árbitro do Futebol em tempos passados e Chiquinho Fiscal. Sálvio Jordão é filho de Rui Jordão, Paracatuense ilustre na história de nossa cidade.

Também foi homenageado o AMOREIRAS Esporte Clube, que existe há 56 anos na cidade e que no momento empreende uma grande luta para a construção de uma sede. O Clube foi representado pelo seu presidente o Sr. Cássio de Castro que destacou a necessidade das empresas paracatuenses apoiarem mais o esporte e encararem este apoio como um trabalho social, pois através do esporte há uma grande inserção social e um afastamento dos jovens do risco das drogas.

A Vereadora Graça Jales utilizou da palavra para destacar e elogiar a iniciativa do Vereador Wilson pela sugestão da homenagem ao esporte, representado na ocasião por um Paracatuense ausente, mas que continua prestando bons serviços à comunidade e ao Amoreiras, um dos times mais tradicionais de Paracatu.

O Vereador Glewton de Sá também se disse satisfeito com a homenagem e deu especial destaque às palavras do Presidente Cássio que na sua humildade, sugeriu a homenagem a outros clubes batalhadores de nossa cidade.

João Macêdo em sua fala cumprimentou o Presidente da Casa e fez especial referência ao Presidente Cássio e ao trabalho desenvolvido pelo seu Pai, Sr. Fifio.

Tia Lana também participou da Cerimônia

Cantando “Carinhoso” (Pixinguinha) a Diretora da Casa de Cultura, Lana Lúcia Melo Franco Santiago, ou simplesmente Tia Lana, como é conhecida prestou a sua homenagem aos agraciados e brindou a todos com uma bela apresentação.

Reuniões extensas geram reclamação

Durante a Sessão na Câmara, o público presente, enquanto se dispersava, também reclamava da duração das reuniões. Na última segunda foram entregues 2 Moções de Regozijo, duas tribunas (que foram canceladas a pedido dos vereadores) e ainda 35 votações de projetos, requerimentos e outros; além de comunicações diversas.

Segundo Fernando Peres, a Câmara peca quando agrupa tantos assuntos diversos e se perde em discussões na sua íntegra não fazem nenhum sentido, como é o caso de pedido de documentos anteriormente negados por pressão, entre outros.


Fotos: Tarcísio Gomes (Jornal O Movimento)
fullscreen

Recentes

Mais Vistos

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti