31 jan 2014 19h59

Prefeito Olavo Condé visita Governador de Minas pra falar da Segurança Pública em Paracatu

WebReporter
Em 29 de janeiro de 2013 o Governador do Estado de Minas Gerais, Antônio Anastasia recebeu em seu gabinete, o prefeito de Paracatu Olavo Condé, junto com o Deputado Federal Paulo Abi-Akel, o vice-presidente da Câmara Municipal Professor Hamilton, os vereadores Joãozinho Contador, Joãozinho Chapuleta, Cabo Camilo, Cabo Gilvan, Juscelino Carteiro, o presidente do Conselho Municipal de Segurança Pública Marcus Plauto e o secretário de planejamento do município Erasmo Neiva.

O prefeito fez um relato da situação da segurança pública em Paracatu e, ao final, entregou ao governador Anastasia um documento requerendo medidas enérgicas do Estado. Durante a audiência vários aspectos foram levantados acerca do crescente índice de tentativas de homicídio e homicídios registrados em Paracatu em 2013 e janeiro de 2014, deixando claro a real situação do município e a carência de soluções práticas até então.

O governador ouviu atentamente as reivindicações de todos os presentes demonstrando ser a segurança um dos maiores desafios dos governos de modo geral, sendo que em Minas o estado têm adotado medidas de curto, médio e longo prazos visando minimizar os efeitos danosos à sociedade, em sua maioria causados pelo tráfico de drogas.

Na oportunidade, o governador
 falou de Paracatu, enfatizando que, historicamente, a cidade sempre foi referência de um município pacífico, hospitaleiro, de pessoas ordeiras e de famílias de bem, referência esta que não pode mudar. Durante a reunião Anastasia demonstrou conhecer bem a realidade de todas as regiões do estado. Levantamentos feitos pela Secretaria de Estado de Defesa Social comprovam que 70% da criminalidade em Minas Gerais estão concentrados em 13 cidades, felizmente Paracatu não faz parte desse ranking, concluiu o Governador, muito embora reconheça que a situação de Paracatu também é crítica.

Entretanto, os relatos feitos pela comitiva paracatuense não deixaram dúvidas de que providências por parte do governo do estado deverão ser tomadas de forma emergencial na cidade.

Todos os vereadores tiveram a oportunidade de expor os pontos que mais preocupam a comunidade, bem como o presidente do Conselho Municipal de Segurança de Paracatu, Marcus Plauto, que apresentou ao governador documentos encaminhados por diversas entidades representativas do município, reivindicando ações efetivas no combate aos crimes ocorridos tanto no perímetro urbano, quanto na zona rural.

O prefeito, por sua vez, agradeceu a atenção e receptividade por parte do governador e ressaltou, entre outros fatores relacionados à segurança pública, a importância do estado e do município trabalharem juntos, visando resolver questões relevantes para que os resultados sejam visíveis à comunidade. “Precisamos governador, de uma reestruturação geral nas policias militar e civil do nosso município, nos mais diversos aspectos. Melhorias nas condições do sistema prisional da cidade e, mais, eu reforço o pedido de que a situação dos menores infratores e das famílias em situação de vulnerabilidade, que muito nos preocupa neste momento, seja analisada com muito critério junto ao secretário de estado de defesa social”, afirmou o prefeito Olavo Condé.

Anastasia foi enfático ao afirmar que determinará ao seu secretário de defesa social, Rômulo Ferraz, a implementação de medidas enérgicas para combater a criminalidade em Paracatu e assim contribuir para tranqüilidade da população.





Com informações da ASCOM da Prefeitura.


© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti