22 set 2013 17h12

Empresário apresenta nota de repúdio na Câmara por atuação da PM em Festa de Casamento

WebReporter
O empresário Edson Borges de Oliveira, usou a tribuna da Câmara na última sexta-feira para descrever o que ele chamou de "absurdo" e falta de respeito com sua família e amigos durante a Festa do Casamento de sua filha, que estava acontecendo no Salão da Maçonaria Nova Luz Paracatuense, na Rua da Abadia.

Segundo Edson, durante a festa, aconteceram várias interpelações da Polícia Militar, devido a denúncia de uma vizinha e que, mesmo depois de adequado o som conforme as medidas permitidas entre 60 e 70 decibéis, as 01:30 horas da manhã, 7 policiais fortemente armados entraram no salão da Maçonaria e prenderam o DJ e todos os equipamentos.

"-O meu repúdio é para que outras famílias não passem por esse vexame e esta vergonha que passei, pois se fosse pra ser assim, a Prefeitura não deveria ter emitido o alvará, a Maçonaria não deveria ter alugado um salão sabendo que tem uma vizinha que não permite que festas sejam realizadas e talvez seja claro entender o fato, se admitirmos que a Polícia de Paracatu está mais preocupada em acabar com uma festa de família e esquecer o número de homicídios que triplicam a cada ano."
acusou Edson.

O denunciante também relatou um histórico de eventos no local e em outros pontos da cidade que não tem a mesmo tratamento, deixando no ar uma desconfiança de perseguição.

"-Uma semana antes houve uma festa realizada pelos advogados mas nenhum policial compareceu para averiguar o som alto muito menos uma briga que houve lá na porta. Neste sábado aconteceu um Encontro de Motos na praça e não era preciso ninguém ir lá pra fiscalizar e comprovar que o barulho das motos estava acima do permitido. Na praça do Santana, todos os moradores reclamam mas nenhum policial vai lá fiscalizar. Se a Polícia pensava em achar bandidos e assassinos dentro da Maçonaria quebrou a cara mas se quis aparecer conseguiu." disse Edson, que concluiu sua tribuna, visivelmente emocionado, falando sobre o casamento da filha.

"-Todo o sonho de um pai, de uma mãe, da minha família e o sonho de 11 anos de namoro dos dois jovens foram destruídos e os  nossos danos morais são irreparáveis."

 

Foto: Douglas Fernandes

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti