16 fev 2013 15h12Atualizado em 18 fev 2013 15h31

Líderes religiosos falam da Campanha da Fraternidade e sobre a renúncia do Papa

WebReporter
Monsenhor João César e Tio Miltinho falam sobre Campanha da Fraternidade e Renúncia do Papa Bento XVI durante Programa de Rádio

Um dos maiores líderes dos movimentos carismáticos da região, Miltinho de Jesus, atual Coordenador do Grupo Missão Jovem e o Monsenhor João César Teixeira de Melo, Vigário Geral da Catedral Santo Antonio, participaram do Programa Opinião e Debate, transmitido pela Rádio Juriti AM nas manhãs de sábado, falando sobre a Campanha da Fraternidade de 2013 e também respondendo a questões diversas feitas pelos ouvintes, entre outros assuntos, sobre a renúncia do Papa Bento XVI.

As apresentadoras Cecília Ferreira e Isabela Albernaz foram as interlocutoras da população durante o programa que teve grande audiência, considerando a quantidade de perguntas recebidas.

Para Monsenhor João César, o Santo Padre foi muito consciente e humilde em sua decisão, e explicou que a renúncia aconteceu ao seu entender devido à debilidade física do chefe maior da Igreja Católica.

Questionado sobre os pontos marcantes do legado de Bento XVI, Monsenhor João César destacou o documento pontifício Deus Caritas est - (Deus é Amor) "sobre o amor cristão". 

“-Para quem não conhece os cardeais, fica muito fácil fazer previsões, Cardeal Joseph Ratzinger, quando eleito papa, todos achavam que seria um Papa dito rigoroso, chamado de tradicionalista, mas um dos seus mais importantes e destacados documentos do seu pontificado foi justamente sobre o amor. Antes de ser um mandamento, o amor é um dom, uma realidade que Deus nos faz conhecer e experimentar, de modo que, como uma semente, possa germinar também dentro de nós e desenvolver-se em nossa vida".  Destacou o religioso.


Miltinho de Jesus, (O Tio Miltinho) respondeu questões ligadas à Campanha da Fraternidade que este ano tem o Tema:  A Fraternidade e a Juventude.


“-O objetivo geral da Campanha é muito mais amplo do que o período da quaresma. O objetivo é acolher os jovens durante todo o ano no contexto de mudança de época, propiciando caminhos para seu protagonismo no seguimento de Jesus Cristo, na vivência da fé cristã e na construção de uma sociedade fraterna, fundamentada na cultura da vida, da justiça e da paz, questões bem contrárias à verdadeira “carnificina” da juventude que temos visto nos últimos tempos.” Disse Miltinho.  


Fraternidade e Juventude - CF 2013

Objetivo Geral

Acolher os jovens no contexto de mudança de época, propiciando caminhos para seu protagonismo no seguimento de Jesus Cristo, na vivência eclesial e na construção da vida, da justiça e da paz.

Objetivos específicos

1 - Propiciar aos jovens um encontro pessoal com Jesus Cristo a fim de contribuir para sua vocação de discípulo missionário e para a elaboração de seu projeto pessoal de vida;



2 - Possibilitar aos jovens uma participação ativa na comunidade eclesial, que lhes seja apoio e sustento em sua caminhada, para que eles possam contribuir com seus dons e talentos;

3 - Sensibilizar os jovens para serem agentes transformadores da sociedade, protagonistas da civilização do amor e do bem comum.



 



 



 



 



 

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti