7 fev 2013 12h43Atualizado em 7 fev 2013 12h49

Conselho da Mulher e Parceiros realizam Blitz Educativa para conscientização da Comunidade

WebReporter
No dia 06 de fevereiro de 2013 o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, SEDESE, Polícia Militar, Polícia Civil, Furnas, Sebrae e Vereadora Eloísa Cunha uniram forças e promoveram uma Blitz Educativa para divulgação de uma série de ações desenvolvidas pelo Conselho com vistas aos Direitos Humanos e em especial “os Direitos da Mulher.”
A blitz aconteceu no cruzamento das avenidas Olegário Maciel e Quintino Vargas e teve como principal objetivo sensibilizar a comunidade no que diz respeito à erradicação da exploração sexual, divulgar a Semana internacional da Mulher, que será realizada no Próximo mês de Março na Câmara Municipal de Paracatu.
Segundo Elisângela Mesquita, do Conselho da Mulher de Paracatu, com as proximidades do carnaval, é necessário provocar uma reflexão nos homens e mulheres, alertando-os para grande exposição de corpos das mulheres, adolescentes e até mesmo crianças, assim como também é preciso pensar no quanto é necessário cuidar da saúde física e mental desses protagonistas. – “É preciso fomentar sobre a importância da prevenção de DSTs e da gravidez indesejada, casos que ocorrem com grande frequência nessa época”.  
Outro tema levantado na blitz foi a luta pelo fim da violência doméstica, que ainda reina em muitos lares de Paracatu. A violência, seja ela física, moral, psicológica, patrimonial ou sexual, é capaz de desestruturar toda uma família, e por consequência acaba desestruturando nossa sociedade, é o que afirma a Conselheira.
O Governo do Estado de Minas, foi um dos parceiros na ação através da Regional da SEDESE em Paracatu. “É uma campanha que merece atenção tanto do órgão público quanto da iniciativa privada. Todos precisam dar as mãos. A SEDESE tem sido aliada em todas as ações neste sentido, até por se tratar de uma questão de política pública e alcançar bons resultados depende de cada um de nós e de todos nós.”, afirmou Indara Tarcila, representante da SEDESE na Ação.
A Campanha Proteja Nossas Crianças é uma das maiores iniciativas já realizadas no país de combate à violência doméstica e à exploração sexual de crianças e adolescentes. Envolve toda a sociedade civil e mobiliza a população a denunciar casos de violência. Foi lançada em maio de 2008 e dividida em duas etapas. A primeira, voltada para o combate à exploração sexual e a segunda abordou a violência doméstica. A campanha é coordenada pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese) e o Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas).

Denúncias
O Disque Direitos Humanos (0800 031 1119) recebeu, até agosto deste ano, uma média de 43 denúncias por dia de crimes contra crianças e adolescentes. No total, foram 2451 denúncias, desempenho 30% superior ao alcançado em 2008, quando o serviço foi acionado 1.889 vezes. Violência física intrafamiliar (796), negligência e abandono (772) e abuso sexual extrafamiliar (149) foram os crimes mais denunciados neste ano.
A blitz foi um sucesso, a comunidade teve uma ótima aceitação, permitido a colagem de adesivos do PROTEJA em seus veículos. E isso só foi possível pela a união e empenho de todos os que participaram da blitz.
fullscreen

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti