14 set 2009 21h32

Mais da metade das ocorrências policias em Paracatu envolve drogas

Trata-se de um problema de caráter nacional, é verdade. Mas surpreende a forma como numa cidade de aproximadamente 90 mil habitantes, quase 80% das ocorrências policiais registradas todos os dias, envolve utilização ou tráfico de drogas, e grande parte delas tem como autores jovens entre 18 e 27 anos.

As causas podem ser diversas. O desemprego ainda acentuado, a falta de condições de sobrevivência, entre outras. Mas a forma como as drogas penetram nos meios sociais, da mais alta à mais humilde classe, é assustadora.

Os órgãos de imprensa seguem noticiando, quase todos os dias, as prisões devido ao tráfico, que continua sendo um meio de vida para muitos jovens, visto que a grande maioria das prisões efetuadas tem como acusadas pessoas "desocupadas", e quase sempre homens. Estas estatísticas são realmente assustadoras, e levam a uma reflexão não somente no campo policial, mas também no campo social, e de que forma essas pessoas poderiam ser úteis se tivessem tomado outro caminho.

É preciso encontrar meios para que se possa inserir estas pessoas no mercado de trabalho, dá-lhes condições de sustento, e assim, evitar que esses números, já estarrecedores, se alastrem ainda mais.

A Polícia Militar segue realizando seu trabalho, fiscalizando, abordando, prendendo e punindo de acordo com as leis, mas a sociedade, mais do que excluir estes jovens, precisa fazer o papel de reinseri-los, porque trata-se de mais mão de obra no mercado de trabalho que acaba amargando anos atrás das grades e deixando de ser útil a esta mesma sociedade que por ora os condena.

Inchar a cadeia com traficantes de droga, repetindo, em sua maioria jovens entre 18 e 27 anos, embora trate-se de um cumprimento à lei, acaba também sendo uma grande perda de pessoas que poderiam estar capacitadas para ocupar as mais diversas funções.

São necessárias políticas públicas mais eficazes não apenas para o combate do tráfico de drogas em Paracatu, que cresce a cada dia mais, mas também para a prevenção, a fim de evitar que a juventude continue seguindo um caminho que trará graves consequências não somente aos mesmos, mas também a toda a sociedade paracatuense.

Recentes

Mais Vistos

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti