24 ago 2009 13h56

COPAM aprova construção da nova barragem da Kinross/RPM

Em reunião relizada na cidade de Unaí na última sexta-feira, foi aprovada, por 13 votos favoráveis e 3 contrários, a construção da nova barragem de rejeitos da RPM/Kinross na cidade de Paracatu. O tema tem sido motivo de muita polêmica na sociedade paracatuense, e tem gerado divergentes opiniões. Por um lado a necessidade, dita real, da construção de uma nova barragem, por outro, as questões ambientais que indagam a respeito do possível impacto ecológico com a construção desta nova barragem.

O Ministério Público, que já havia questionado o pedido da licença para construção por não concordar com os termos em que ser baseiam o pedido e pelo empreendimento atingir área em que já foi reconhecida a existência de Comunidades de remanescentes quilombolas no Vale do Machadinho - esteve presente na reunião e na pessoa do Dr. Mauro Ellovitch (Coordenador das Promotorias de Defesa do Meio Ambiente da Bacia dos Rios Paracatu e Urucuia) questionou os pontos do projeto e pediu indeferimento do pedido de licença, mas não convenceu os presentes.

A Grande polêmica da reunião é que a Kinross estaria licenciando uma área que não é da empresa ainda, onde se iniciou um debate jurídico, e assim, a maioria dos presentes na reunião viram na atuação do Advogado da empresa Kinross, Dr. Ricardo Carneiro, o grande personagem da história, pois, por várias vezes se pronunciou contrário às afirmações do vereador Dr. Romualdo e do Promotor Dr. Mauro.

O Ambientalista Antonio Eustáquio Vieira (Tonhão), Presidente do Movimento Verde e membro do Conselho da SUPRAM, se disse favorável ao empreendimento, pois o pedido está atendendo a todas as questões técnicas segundo a legislação do Brasil. "As Políticas de meio ambiente e as informações que acompanharam o projeto estão todas de acordo com a legislação ambiental do País, e desta forma não tem o que questionar, ainda mais porque a empresa concordou com as condicionantes." destacou Tonhão.

O fato é que depois de muita discussão, a SUPRAM aprovou a construção da nova barragem, o que deve ocorrer em breve, caso não existam novos impedimentos jurídicos. A RPM/Kinross convocou para o dia de hoje uma entrevista coletiva para tratar a respeito do assunto. Novas informações em instantes.
fullscreen

Recentes

Mais Vistos

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti