13 jul 2009 14h10

Sistema Ocemg/Sescoop-MG apresenta Balanço Social 2009

WebReporter
De acordo com o Balanço Social do Cooperativismo Mineiro 2009 - ano base 2007/2008, apenas 263 cooperativas mineiras foram responsáveis por uma movimentação anual de quase R$10 bilhões. A iniciativa, realizada desde 2005 pelo Sistema Ocemg/Sescoop-MG, demonstra o potencial das cooperativas mineiras no cenário socioeconômico estadual e nacional.

O Balanço confirma o aumento de diversos indicadores econômicos de 2008 em relação ao ano de 2007. As receitas brutas do setor totalizaram R$ 9.871.662.681,74, contra R$ 7.785.756.785,39 do ano anterior, um incremento de 27%. As contribuições e impostos arrecadados pelo cooperativismo no período superou os R$350 milhões, representando um acréscimo de 15%.

O levantamento ainda registrou o crescimento do número de pessoas envolvidas com o segmento. No que se refere aos empregados dessas cooperativas, o número de 16.596 apurado em 2007 passou para 18.306 em 2008, um aumento de 10%. O índice de cooperados também cresceu de 441.446 para 499.829 no mesmo período, sinalizado elevação de 13% se comparado ao exercício passado.

Os indicadores sociais também tiveram crescimento entre os anos considerados no levantamento. As informações detalhadas dessas 263 cooperativas demonstram que foram investidos mais de R$700 milhões nas comunidades com ações nas áreas de educação e saúde.
Em Minas Gerais, o Sistema Ocemg/Sescoop-MG representa 830 cooperativas, que compreendem um universo de quase um milhão de cooperados, sendo que a participação do cooperativismo no PIB mineiro é de 7,2%.

“As ações das cooperativas nas áreas socioeconômicas são de grande importância para o Estado e o Sistema Ocemg/Sescoop-MG se orgulha em anunciar que a cada ano cresce o percentual de investimentos do setor para o desenvolvimento de Minas e do Brasil”, pontua o presidente do Sistema, Ronaldo Scucato.



Fonte: Assessoria de Comunicação da Sicoob Cridiparnor

Recentes

Mais Vistos

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti