25 jun 2009 17h30

Joãozinho propõe criação de ponto de coleta

WebReporter
Quando as pilhas, baterias, celulares, lâmpadas de mercúrio e objetos afim já não servem mais para o nosso uso, basta joga-los no lixo, certo? Claro que não! Os materiais contidos nesses objetos podem causar muito mal ao meio ambiente se descartados de forma incorreta. Quando são jogadas fora juntamente com o lixo comum, os metais contidos na composição das pilhas e baterias podem poluir o solo, conseqüentemente a água e entrar na cadeia alimentar, até chegar à população.

O cádmio, o chumbo e o mercúrio são os principais componentes das pilhas e baterias. O primeiro deles, se for ingerido, causa problemas nos rins, no fígado e nos ossos. Já o chumbo e o mercúrio se acumulam no cérebro e ocasionam problemas no sistema nervoso. As pequenas quantidades ingeridas vão sendo acumuladas ao longo de tempo no organismo.

Pensando em todos esses desgastes, o Vereador João Batista (Joãozinho Contador – Foto 1) apresentou um requerimento, no qual foi votado e aprovado na reunião da segunda-feira (22/06), no qual ele requer do Prefeito de Paracatu, Vasco Praça Filho, um ponto de coleta desses materiais. Isso facilitaria e ajudaria a todos. São as pessoas que estariam protegidas contra a contaminação por esses metais, o meio ambiente que não receberia diretamente essa poluição e novamente a população consciente que mesmo sabendo que não é correto fazer o descarte de qualquer forma, acaba o fazendo por falta de locais adequados de coleta.

Todos os anos são produzidas aproximadamente 800 milhões de pilhas no Brasil.
fullscreen

Recentes

Mais Vistos

© 2015 - PARACATU.NET - Todos Direitos Reservados. by #mndti